InicioMundo LusófonoMoçambiqueCovid-19: Segunda fase de vacinação arranca em Moçambique

Covid-19: Segunda fase de vacinação arranca em Moçambique

Ministério da Saúde quer imunizar quase 217 mil pessoas nesta segunda etapa da vacinação. O público-alvo desta fase serão estudantes de medicina no final do curso, deslocados internos, reclusos, polícias e professores.

Os estudantes finalistas de medicina e os doentes não abrangidos na primeira etapa são os grupos prioritários na segunda fase de vacinação contra a Covid-19, que arranca esta segunda-feira (19.04) em Moçambique.

A nova fase vai abranger ainda os deslocados internos que vivem em centros de acomodação, reclusos e funcionários de estabelecimentos prisionais, bem como agentes da polícia e professores do ensino primário, nos dois últimos casos com a condição de estarem acima dos 50 anos.

O objetivo é abranger cerca de 216.700 pessoas, anunciou o Ministério da Saúde. “Para este processo, serão constituídas 313 equipas compostas por 2.643 técnicos que vão administrar a vacina”, anunciou a diretora nacional adjunta de Saúde Pública, Benigna Matsinhe, durante a última semana.

Mais de 20% da população
A imunização será feita “com o mecanismo Covax, através do qual Moçambique vai cobrir 20% da população, e o mecanismo complementar de aquisição direta que irá cobrir o restante”, reafirmou.

Depois de atingir um pico em janeiro – com mais casos, internamentos e mortes que em 2020 -, a epidemia de covid-19 no país desacelerou e nos últimos sete dias houve quatro sem registo oficial de óbitos.

O país tem um total acumulado de 798 mortos e 69.203 casos, dos quais 88% recuperados e 43 internados.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.