- Publicidade-
InicioAngolaPolíticaJoão Lourenço informado sobre projecto “andar o país”

João Lourenço informado sobre projecto “andar o país”

O Presidente da República, João Lourenço, recebeu nesta quarta-feira, em Luanda, os jornalistas de diferentes órgãos de comunicação social nacionais, envolvidos no projecto Grande Reportagem “Andar o País pelos Caminhos da Agricultura”.

Trata-se de uma iniciativa da rádio Luanda Antena Comercial (LAC), que colocou os jornalistas em contacto com unidades de produção agrícola, pólos de desenvolvimento, fazendas e propriedades familiares de algumas províncias do país.

Em aproximadamente 30 dias, os profissionais de informação, saídos de Luanda, visitaram as províncias do Uíge, Malanje, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Bié, Huambo, Huíla e Benguela, tendo percorrido cerca de cinco mil quilómetros.

Em declarações à imprensa, no final do encontro, o coordenador do projecto e director de Informação da LAC, José Rodrigues, afirmou que os órgãos de comunicação social tomaram “muito boa nota” do projecto de Grande Reportagem.

Em aproximadamente 30 dias, os profissionais de informação, saídos de Luanda, visitaram as províncias do Uíge, Malanje, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Bié, Huambo, Huíla e Benguela, tendo percorrido cerca de cinco mil quilómetros.
(DR)

“Respondemos ao convite que o Presidente da República nos fez para mostrar o que foram as nossas constatações”, informou José Rodrigues.

Adiantou que no encontro com o Chefe de Estado angolano foi feito “um resumo do que vimos e tentamos lançar, também, algumas propostas de solução, pois enquanto jornalistas temos responsabilidade social”.

Quanto à próxima edição, disse que existe o interesse de estender a experiência a outras regiões do país, sobretudo às províncias do Leste e Norte.

O projecto foi desenhado para proporcionar a oportunidade dos jornalistas verem, no terreno, o actual estado da agricultura, numa altura de crise económica, agravada pela seca que afecta, sobretudo, as regiões Centro e Sul de Angola.

“Andar o País” surgiu da necessidade e do interesse público de se produzir informação mais próxima da realidade dos agricultores angolanos.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.