- Publicidade-
InicioEconomiaAgricultura e comércio dominam projectos financiados pelo PRODESI

Agricultura e comércio dominam projectos financiados pelo PRODESI

A agricultura, com 351 projectos aprovados, e o comércio e distribuição, com 216, são os sectores com mais financiamento no Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI), desde 2019, informou, nesta terça-feira, o secretário de Estado para a Economia, Mário Caetano.

Falando no Briefing Bissemanal do Ministério da Economia e Planeamento, sublinhou que seguem-se a indústria transformadora, com 111 projectos, pecuária (30), aquicultura (24) e pescas marítima (23) e continental (05).

Mário Caetano disse que, desde 2019, os instrumentos e produtos financeiros ao dispor do PRODESI viabilizaram a aprovação de 760 projectos, perspectivando a criação de aproximadamente 50 mil postos de trabalho.

Os projectos aprovados, adiantou, ascendem a um valor aproximado de Kz 511,6 mil milhões, sendo que, em relação ao Programa de Reconversão da Economia Informal (PREI), na última semana foram registados 65 pedidos de crédito num valor de Kz 112,3 milhões.

Desde a operacionalização da linha de financiamento de micro-crédito das Medidas do Alívio Económico, foram registados dois mil 104 pedidos num valor aproximado de Kz 5,0 mil milhões.

Por outro lado, reiterou que decorre o cadastramento dos produtores no Portal da Divulgação da Produção Nacional (PPN) e que em termos acumulados, desde a sua operacionalização, o suporte digital já controla 11 mil 668 produtores nacionais, mais 477 que na semana passada.

Entre os produtores registados por província, constam 937 da Huíla, 578 (Bié), igual número para o Huambo e mil 156 em Malanje.

Constam igualmente o Cunene, com 803, Luanda (798), Benguela (613), Lunda Sul (543), Bengo (413), Cuanza Norte (434), Uíge (320), Cuanza Sul (262), Cabinda (257), Namibe (282), Zaire (239), Lunda Norte (195), Cuando Cubango (128) e Moxico, com 132.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.