- Publicidade-
InicioAngolaSociedadeNamibe: Escolas primárias enfrentam dificuldades em biossegurança

Namibe: Escolas primárias enfrentam dificuldades em biossegurança

Muitos alunos estão a chegar às escolas do Namibe sem máscara devido a descuido ou falta de meios económicos dos seus pais, constatou a Voz da América em diversas unidades de ensino.

Além dos alunos que nas escolas primárias durante o período do intervalo não usam máscaras faciais, a VOA apurou durante a ronda em mais de seis escolas do Namibe que também existem alunos que por razões económicas dos pais ou encarregados de educação vão à escola sem meios de biossegurança exigidos.

Alcides Lopes, director da escola primária nº 23 Dr. Agostinho Neto disse à VOA que é preciso ter muita paciência.

“Ficamos segundo pai destas crianças que por razões económicas das famílias às vezes vêm na escola sem máscaras faciais e nós membros da direcção da escola somos obrigados ajudar com máscaras descartáveis de nossas reservas”, disse.

Director diz que tem que ser “segundo pai” de muitas crianças cujas famílias não têm meios.
(DR)

“São muitas famílias que sobrevivem de negócios e levantam-se muito cedo e deixam os pequenos a dormir e só deixam a orientação para as 7H00 as crianças irem para a escola”, disse o director.

“As vezes além desta orientação não deixam o caderno que a escola pediu, não deixam a máscara para a criança e ela só dá conta que não trouxe já no recinto da escola e nós ajudamos neste sentido e a ginástica é essa”, afirmou.

“ Pai em casa e pai aqui na escola, temos que nos conformar” , acrescentou Alcides Lopes.

Valentino Armando é um dos protectores escolares da escola Agostinho Neto no Bairro da Facada e além de garantir segurança da escola também faz o controle da higienização dos alunos, medição da temperatura e deixa o seguinte apelo aos pais e encarregados de educação.

“Os papás têm que comprar máscaras para os miúdos, senão eles não entram nas salas de aulas e vão perder o ano lectivo”, disse Florentino Armando.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.