- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ministérios Ministério da Comunicação Social Falta de manutenção impediu cobertura da RNA a todo o país

Falta de manutenção impediu cobertura da RNA a todo o país

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social disse, ontem, no Huambo, terem sido realizados, nos últimos anos, investimentos consideráveis para a cobertura do sinal de radiodifusão pública a todo o país, mas admitiu que as infra-estruturas não foram acompanhadas das respectivas manutenções, o que impossibilitou o seu normal funcionamento.

Manuel Homem, que falava à imprensa, no final de uma visita de trabalho de 24 horas ao Huambo, explicou que muitos dos projectos materializados careceram de me-lhor estudo, pois permitiram assegurar uma cobertura sa-tisfatória pelo país. Informou que está a ser feita uma radiografia para corrigirem-se alguns planos de cobertura, o que já permitiu chegar à conclusão de que determinados emissores necessitam de reposicionamento.

A Rádio Nacional de Angola, disse, já terminou o plano de cobertura pelo país. Disse haver um projecto para assegurar a melhoria de cobertura do sinal da emissora pública. Foi aprovado, recentemente, um programa de reestruturação que permitiu adequar a cobertura do sinal da rádio, embora “não ainda na plenitude”. A execução é de cerca de 80 ou 90 por cento.

Cefojor do Huambo
O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social constatou, ontem, in loco, a execução da construção do Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR), na província do Huambo.

No local, Manuel Homem assegurou que tudo está a ser feito para que a obra seja concluída e entregue tão breve quanto possível, visando a dinamização do ensino no sector da comunicação social.

De acordo com o dirigente, o futuro centro vai assegurar a formação de jornalistas a nível do país e da região da SADC.

Iniciada em 2014, a obra está executada na ordem de 50 por cento, após registar um interregno. Depois de pronta, a infra-estrutura terá capacidade para acolher mais de 170 formandos no edifício-internato, que conta com cerca de 70 quartos.

A visita do ministro foi acompanhada pela governadora provincial do Huambo, Lotti Nolika, e por outros responsáveis do sector que dirige.

Ainda ontem, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social procedeu à abertura de um seminário metodológico dos quadros da Televisão Pública de An-gola (TPA), das províncias do Huambo, Bié, Cuando Cuban-go, Moxico e Lundas Norte e Sul. A formação abarca as áreas de Jornalismo, Filmagem, Realização, Edição de Vídeo, Produção, Recursos Humanos e Finanças.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.