- Publicidade-
InicioAngolaPolíticaDetenção de Zecamutchima vai ao Supremo

Detenção de Zecamutchima vai ao Supremo

A detenção do dirigente do Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe José Mateus Zecamutchima, chega quinta-feira ao Tribunal Supremo de Angola quando o advogado Salvador Freire formalizar uma reclamação por denegação de justiça ao seu constituinte.

Zecamutchima foi preso a 9 de Fevereiro depois dos confrontos no Cafunfo entre manifestantes e polícia que resultaram em vários mortos e continua preso das celas da direcção provincial de investigação criminal de Luanda.

Aquando da sua detenção as autoridades disseram que ele iria ser transferido para a Lunda Norte para ser interrogado sobre esses confrontos mas o advogado diz que não há qualquer informação sobre a data do seu enviou para aquela província.

O advogado Salvador Freire diz que não sabe quando Zecamutchima poderá ser ouvido.
(DR)

“No sabemos até ao momento porque é que até agora não foi enviado a Lunda Norte, já entregamos um habeas corpus e não há resposta até ao momento”, disse.

“ Vamos amanha (quinta-feira)formalizar uma carta de reclamação junto ao Tribunal Supremo”, disse.

O causídico diz que o seu constituinte encontra-se de boa saúde.

“O SIC-Luanda não lhe dá medicamentos mas ainda assim ele está de saúde e fizemos a questão de semanalmente levar la medicamentos”, disse.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.