- Publicidade-
InicioAngolaPolíticaComandante-Geral da Polícia Nacional quer maior assistência às esquadras e postos policiais

Comandante-Geral da Polícia Nacional quer maior assistência às esquadras e postos policiais

O Comandante-Geral da Polícia Nacional de Angola, Comissário-Geral, Paulo Gaspar de Almeida, defendeu, hoje, em Luanda, no auditório do Instituto Superior de Ciências Polícias e Criminais (ISCPC) “General – Osvaldo de Jesus Serra Van-dúnen”, a necessidade da Direcção de Segurança Pública e Operações (DISPO), prestar maior assistência às Esquadras, Postos Policiais e Destacamentos, para que se obtenham resultados operacionais satisfatórios.

De acordo com uma nota da corporação a que o Portal de Angola teve acesso, o responsável, que falava na abertura do 1° Seminário Metodológico daquele órgão de Polícia, que decorre de 30 de Março a 1 de Abril do ano em curso, orientou, igualmente, a DISPO, a fazer-se presente na gestão dos serviços policiais, na fiscalização do cumprimento das situações operacionais, bem como na análise do estado de situação criminal e apresentar soluções ao mando superior.

O Comissário-Geral orientou ainda aos órgãos competentes, no sentido de manter o controlo das empresas de auto-Protecção, na fiscalização das armas em sua posse, a fim de se prevenir incidentes com recurso às mesmas.

Por sua vez, o Director da DISPO, Comissário, Orlando Paulo J. Bernardo, explicou que, um dos grandes objectivos do encontro, é transmitir conhecimentos e estratégias para que a actividade policial desenvolvida nas Esquadras e Postos Policiais estejam a nível das necessidades de segurança Pública do País.

O responsável aproveitou a ocasião para esclarecer que a DISPO é resultado da fusão das anteriores Direcções de Ordem Pública (DNOP), Armamentos explosivos (DNAE), Gabinete de Estudo e Regulamentações (GER), Estudo, Informação e análise (GEIA) e o Posto Comando Central (PCC).

“É nossa responsabilidade, centralizar, classificar e sistematizar as informações Policiais para melhor planear todas actividades e proporcionar ao Estado angolano uma melhor prestação de serviços de segurança pública”. aclarou o oficial Comissário.

Refira-se que, participaram da sessão, membros do Conselho Superior de Polícia de Angola e distintos chefes de departamentos e Secções da DISPO a nível das 18 Provinciais do País.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.