- Publicidade-
InicioCulturaTeatroConjuntura de artes estreou drama social

Conjuntura de artes estreou drama social

O grupo Conjuntura de Artes estreou domingo, às 18h00, na Liga Africana, o espectáculo dramático “Fulana, Sicrana e Beltrana”, uma narrativa em volta do amor, humor e nostalgia.

O espectáculo focou no reencontro de três amigas, distantes há mais de 20 anos, via Facebook. Quando estas marcaram um encontro, verdades começaram a ser reveladas e problemas surgiram entre as amigas, interpretadas por António Cunzuna (Fulana), João de Carmona (Sicrana) e Lucas Pungui (Beltrana).

A história foi adaptada, do original do dramaturgo brasileiro Paulo Sacaldassy, pelo encenador Cláudio Luís. “Os ensaios decorrem na melhor forma e estamos a trabalhar para apresentar uma peça à altura do actual teatro angolano”, disse.

O grupo, que existe desde 2002, surgiu no município do Cazenga por iniciativa de jovens da Igreja Metodista Unida, de José Catumbela Lima.

Actualmente, o grupo, que tem participado em diversos festivais realizados na capital, como o Circuito Internacional de Teatro, é dirigido por Cláudio Luís e conta com 17 integrantes. No repertório do grupo constam, entre outros, os espectáculos “Amor é Ódio”, “Cheque em Branco” e “O Mulumbeiro e o Mijão”, a maioria focada em cenas do quotidiano.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.