- Publicidade-
InicioEconomiaENCIB projecta negócios para 8,5 mil milhões de kwanzas

ENCIB projecta negócios para 8,5 mil milhões de kwanzas

A Empresa Nacional de Construção de Infra-estruturas Básicas (ENCIB ) pretende aumentar, até 2025, o seu volume de negócios para oito mil milhões, 556 milhões, 972 mil e 609 Kwanzas com a revitalização dos serviços de terraplanagem e outros trabalhos, disse o director-geral da empresa, Laureano Tchoia.

O responsável que falava hoje (quinta-feira) no Fórum de Alta Direcção da ENCIB com o tema ”Diagnostico e perspectivas de relançamento” referiu que o montante poderá ser obtido também da Central de britagem e Manutenção e conservação das redes rodoviárias.

Laureano Tchoia referiu que devido a algumas dificuldades e a reestruturação que a empresa tem registado, para este ano, o valor de negócios ronda a volta dos 399 milhões e 80 mil kwanzas, no entanto a direcção pretende aumentar, nos próximos cinco anos, os rendimentos para dar nova dinâmica e sustentabilidade financeira à instituição.

O gestor da ENCIB, que fazia uma analise dos seus 100 dias de direcção, esclareceu que actualmente a empresa tem uma receita mensal de 20 milhões de kwanzas, quantia insuficiente para gerir a instituição e desenvolver novos pacotes de negócios.

Informou que pretende alavancar a empresa com a liquidação de uma divida de cinco mil milhões de Kwanzas do Governo, fruto de actuações em alguma vias e infra-estruturas.

Deu a conhecer ainda que nesta nova fase, a empresa conta com as áreas de Construção civil, Construção de estrada e infra-estruturas básica e outros negócios ligados ao sector, para aumentar o volume de receitas.

(Foto: D.R.)

Segundo Laureano Tchoia, a ENCIB neste momento está focada em alguma obra, como a construção de reservatórios de águas em 180 escolas, trabalhos na via da Samba (Luanda) e um serviço de tapa buraco na Estalagem (Viana ).

Admitiu a existência de uma dívida com o Instituto de Segurança Social que ronda os 200 milhões de Kwanzas, que tem criado alguns transtornos para os 92 trabalhadores e com a AGT, impossibilitando a empresa de participar em concurso de obras públicas.

O encontro aberto pelo vice-governador de Luanda para a área económica Lino Sebastião, serviu para apresentar o diagnóstico preliminar da empresa, nomeadamente as fraquezas identificadas e soluções previstas pela actual direcção, para o seu reposicionamento institucional e comercial, visando fazer face aos desafios actuais do mercado.

A Empresa Nacional de Construção de Infra- Estruturas Basicas (ENCIB ), tutelada pelo Governo da Província de Luanda desde 1978, é uma entidade colectiva de direito público ,dotada de autonomia administrativa, financeira e de património próprio.

- Publicidade -
FonteANGOP
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.