- Publicidade-
InicioCulturaMúsicaTrês lindas jóias da música angolana (1): Né Gonçalves, Nelo de Carvalho...

Três lindas jóias da música angolana (1): Né Gonçalves, Nelo de Carvalho e Yuri da Cunha

A nossa primeira escolha vai para Né Gonçalves, que nas redes sociais detém um apreciável nível de popularidade, incluindo as várias plataformas digitais de música, onde podem ser adquiridos os vários temas dos 3 álbuns produzidos até ao momento. O último CD Sembamar reforça na web, a qualidade da produção do cantautor, que se perfilou na galeria do que há de melhor em termos de criatividade artística.

No Centro Cultural Kilamba, ao Rangel, em Luanda, Né Gonçalves consta da lista soberana de intérpretes e só isso dá provas de um reconhecimento oficial dos sectores mais esclarecidos da cultura angolana.


NE GONÇALVES – NHAMI Álbum Sembamar, (2017) – YOU TUBE

O último álbum Sembamar  mereceu cuidados especiais na produção: teve a participação de 67 músicos de virtuosismo reconhecido, de 14 diferentes nacionalidades, que deixam marca própria numa grande diversidade de estilos. Gravado em Luanda, Lisboa, Madrid, Los Angeles, Miami, Nova York, Rio de Janeiro e Lima, sob a direcção do peruano Jorge Cervantes é uma obra que continua a merecer as melhores considerações.

Não só pela qualidade temática, mas também pelo engajamento dos músicos acima referidos, que emprestaram o seu talento na construção harmónica das canções. Há no álbum vários sabores rítmicos que nos projectam para estilos universais como o compas do Haiti, na melodia “Instrumento”, de Cabo Verde e a balada portuguesa, evidenciada pela participação especial da fadista Mariza, que capitaliza atenções da obra, no universo artístico europeu.


NÉ GONÇALVES – Instrumental LUANDA MEU SEMBA YOU TUBE

Com Né Gonçalves a música angolana está muito bem servida, permitindo que o artista se sinta na obrigação de dar o seu melhor, na concepção de novos temas do novo CD, já em  gravação, em plena certeza de que vamos receber da sua voz excelentes surpresas. Até agora não conseguimos, nem com ajuda da “senhora da Muxima”, quebrar o sigilo que envolve o novo rebento discográfico do cantautor. Estamos atentos à novidade, a qualquer momento!

REALCE DE SEMBAMAR

Nomeado para 5 categorias: Kizomba do Ano[CRIOLA D’ANGOLA], Semba do Ano [SEMBAMAR], Balada do Ano [PROFUMO DI MARE], Folclore do Ano [REBITA AMOR] e Produção Discográfica do Ano [SEMBAMAR], Né Gonçalves relembra-nos que a qualidade existe em Angola podendo, também contar com o nosso menino, que aos nove anos, no Bairro Prenda, integrou a banda “Mini Crackes”, para ouvir música de qualidade. Ver discografia em (http://www.negoncalves.com/)

NELO DE CARVALHO Mamã Falou

Nelo de Carvalho, artista e compositor (Foto: D.R.)

Há uns anos atrás, cerca de 11 anos, se tanto, o angolano Nelo de Carvalho surpreendeu o mercado com o hit “Mamã falou”, em parceria com o emblemático Jacob Desvarieux, líder dos Kassav. Ainda hoje o tema suscita os mais díspares comentários, pela beleza harmónica da sua concepção.

Recordamos nestas linhas a febre de divulgação e consumo deste tema que fez de Nelo de Carvalho, a vedeta das festas, shows e outras apresentações do artista, um cavaleiro andante dos shows entre Lisboa, Luanda e outras paragens do mundo.

Senhor de reconhecidos méritos artísticos, Nelo de Carvalho, depois de ter assumido a carreira a solo, foi a atracção número um da boite Contencioso em Luanda, onde reunia os fãs para aplaudirem os seus shows. Na altura a referida casa tornou-se paragem obrigatória para os encontros festivos com o artista como cabeça de cartaz.


NELO DE CARVALHO – MAMÃ FALOU – YOU TUBE 2013 –

E Nelo de Carvalho foi-se moldando às preferências musicais do momento, até que um dia surpreende pela positiva, o seu amado público com o hit Mamã falou, uma história da nossa infância, exaltando os bons conselhos das mães angolanas, no seio da família.  E foi só um ar que lhe deu.

O tema viralizou em todo o mundo, quando se sentiu a carga que veio das mãos de um senhor chamado Jacob Desvarieux, o ícone da planetária banda francesa Kassav.

Ainda hoje se sentem os efeitos do sucesso desta música, de autoria do falecido Armindo Monteiro, um dos integrantes do grupo Raízes, da diáspora angolana em Portugal, a escola, onde se moldou o perfil artístico de Nelo de Carvalho.


NELO DE CARVALHO – FRANCISKITA 2019 – YOU TUBE

Com produção artística do seu cunhado, Alberto Monteiro (Beto), um percussionista de créditos firmados, o álbum de Nelo de Carvalho não perde actualidade. É como em Cabo Verde, o álbum Boas Festas, do falecido saxofonista Luís Morais, que todos os anos é procurado pelos melómanos de todo o mundo, pela sua excepcional qualidade.

Com este álbum Nelo de Carvalho, que antes evoluía em palco integrado na banda de Raúl Indipwo, (Duo Ouro Negro), satisfaz o desejo dos seus admiradores, que o queriam solto para uma carreira a solo. Conseguido o intento vemo-lo hoje nos píncaros da fama, a suscitar salutares comentários sobre a nobreza da sua arte de bem tocar guitarra e de bem cantar. Uma voz no universo artístico angolano a merecer os mais dignos aplausos.

Com três álbuns no mercado, Nelo de Carvalho é figura indispensável do nosso cardápio musical e não restam dúvidas do seu extraordinário talento e do sucesso das suas obras musicais. Por isso temo-lo em linha de conta neste espaço de prestígio dos nossos criadores musicais. Já agora também com o vídeo Franciskita. Degustem-no!

YURI DA CUNHA – Show Man

Os seus shows ao vivo fizeram dele, rapidamente, num dos mais sérios casos de sucesso em Angola e no exterior. A atravessar momentos menos bons, não suficientemente esclarecidos na sociedade angolana e pela própria agência que o representa, Yuri da Cunha aparece nas redes sociais a mostrar algum desencanto. Para tristeza dos seus fãs.


PAULO FLORES E YURI DA CUNHA – NJILA YA DIKANGA – YOUTUBE 2020

Apesar de alguns companheiros afirmarem publicamente nada ter acontecido ao show man da juventude angolana, a verdade que fica patente são os seus exercícios artísticos, que poucos conseguiram igualar.


YURI DA CUNHA COM BONGA 2020 -MONA UA NGUISHISSA – YOUTUBE

Yuri da Cunha, se estiver a necessitar de auxílio para refazer-se dos percalços da vida deve recorrer aos seus fãs, já que as suas fontes de apoio, não se pronunciam sobre o que está a acontecer – e nós já vimos – com o seu percurso artístico.

Angola tem de dar o máximo carinho aos seus filhos, ainda que sejam acusados de violarem códigos de conduta social. Se for esse o caso, vamos todos ajudar essa estrela que ainda brilha no nosso firmamento cultural. Estamos contigo Yuri da Cunha!

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.