- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Covid-19 Acordo entre fundo russo e Índia para produção de milhões de doses...

Acordo entre fundo russo e Índia para produção de milhões de doses de Sputnik V

O Fundo Soberano da Rússia, responsável pelo desenvolvimento da “Sputnik V”, anunciou na sexta-feira que assinou um acordo com o laboratório indiano Stelis Biopharma, filial do grupo farmacêutico Strides, para produzir cerca de duzentos milhões de doses da referida vacina anti-Covid.

O RDIF (Fundo Russo de Investimentos Directos), que financiou o desenvolvimento da Sputnik V, anunciou, na sexta-feira, um acordo para que o laboratório Stelis Biopharma, filial do grupo Strides, produza na Índia, no mínimo, 200 milhões de doses da referida vacina anti-Covid.

O acordo prevê que o laboratório indiano possa disponibilizar a vacina russa, a partir do segundo semestre do corrente ano.

De acordo com o fundo russo, o aboratório Stelis, fabricará posteriormente doses suplementares da Sputnik V, com o apoio financeiro do RDIF.

O director do fundo, Kirill Dmitriev afirmou que a significativa quantidade de doses produzidas em parceria com o Stelis, contribuirá para que haja um acesso mais amplo à vacina anti-Covid à escala mundial.

Segundo o Fundo Russo de Investimentos Directos, cinquenta e dois países aprovaram até a data, a utilização da Sputnik V, cujo apelação foi baseada no satélite do mesmo nome, lançado na era da União Soviética.

A Rússia registou a patente da Sputnik V em Agosto de 2020, sem a aprovação científica da Organização Mundial de Saúde, e foi criticada por alegadamente não ter respeitado as etapas formais de testes de uma vacina, antes da sua utilização.

Todavia a conhecida revista médica britânica, The Lancet, reconheceu recentemente que a Sputnik V é uma vacina segura e com mais de 90 porcento de eficácia contra a Covid-19.

Vários países ocidentais evidenciaram reticências em relação à Sputnik V, porque consideraram que a Rússia ia servir-se da mesma, como imagem positiva, para fazer valer os seus interesses na cena internacional.

A Alemanha anunciou que, uma vez a Sputnik V homologada pela Agência Europeia de Medicamentos, o país tenciona adquirir doses da vacina anti-Covid russa.

- Publicidade -
FonteRFI
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.