- Publicidade-
InicioMundo LusófonoBrasilSP adianta vacinação de idosos de 72 a 74 anos para sexta-feira,...

SP adianta vacinação de idosos de 72 a 74 anos para sexta-feira, 19

Vacinação contra a Covid-19 para idosos entre 72 e 74 anos começa nesta sexta-feira (19)

Governador pede para que idosos tomem a vacina ao longo do dia, não apenas de manhã, para evitar filas e aglomeração

Na última segunda, o estado começou a imunizar aqueles que têm entre 75 e 77 anos

O governador João Doria (PSDB) anunciou que São Paulo vai adiantar a vacinação de idosos entre 72 e 74 anos para a próxima sexta-feira (19). Inicialmente, a previsão era que a imunização começasse na próxima segunda-feira (22).

O governador pediu para que os idosos vão ao longo do dia, não apenas de manhã, receber a vacina. Assim, os postos de imunização podem evitar filas e aglomerações. A expectativa é vacinar 730 mil pessoas em todo o estado.

Na última segunda-feira (15), o estado deu início à imunização para aqueles que têm entre 75 e 77 anos. A vacinação de idosos de 70 e 71 anos está prevista para começar no dia 29 de março.

Até o momento, São Paulo vacinou 4,1 milhões de pessoas contra a covid-19, sendo 3 milhões com uma dose e 1,1 milhão com as duas doses. Nessa semana, o Instituto Butantan entregou 5 milhões de doses da CoronaVac, totalizando 22 milhões de vacinas. Até o fim de abril, serão entregues 46 milhões de doses e, até 30 de agosto, 100 milhões.

Drive-thrus e serviços de delivery de restaurantes e outros estabelecimentos comerciais podem funcionar 24 horas por dia.
(DR)

Fase emergencial
Desde o último dia 15, São Paulo vive a fase emergencial do Plano SP. A nova medida vale por duas semanas, até dia 30 de março. Na fase emergencial, não poderão haver atividades esportivas, lojas de material de construção terão de fechar, assim como os serviços de retirada de todos os setores. O campeonato Paulista de futebol também será suspenso. Os jogos serão paralisados entre 15 e 30 de março.

Os cultos religiosos também estão suspensos, mas as igrejas vão continuar abertas para aqueles que quiserem rezar de forma individual.

Drive-thrus e serviços de delivery de restaurantes e outros estabelecimentos comerciais podem funcionar 24 horas por dia.

Há ainda um toque de recolher entre 20h e 5h. Não será permitido circular durante o período, a não ser que seja estritamente necessário. Aglomerações estão proibidas e as máscaras são obrigatórias em ambientes internos e externos. Durante o período, paulistanos não poderão frequentar praias e parques.

A situação de colapso se repete em praticamente todos os estados do Brasil. De acordo com o Boletim do Observatório Covid-19, divulgado pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), o país vive o maior colapso sanitário da história do país.
(DR)

Maior colapso sanitário da história
A situação de colapso se repete em praticamente todos os estados do Brasil. De acordo com o Boletim do Observatório Covid-19, divulgado pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), o país vive o maior colapso sanitário da história do país.

Entre as 27 unidades da federação, 24 estados e o DF estão com ocupação de leitos de UTI acima dos 80%. Entre esses estados, 15 tem ocupação maior que 90%. Roraima (73%) e Rio de Janeiro (79%) são as únicas duas unidades da federação com índices mais baixos.

Nesta terça, 16, o Brasil também atingiu o maior número de mortes registradas em 24 horas pela Covid-19: 2.841 pessoas.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.