- Publicidade-
InicioAngolaSociedadePAPE já beneficiou 3.148 jovens em nove províncias

PAPE já beneficiou 3.148 jovens em nove províncias

Pelo menos 3.148 jovens das províncias do Bié, Cuando Cubango, Cuanza-Norte, Luanda, Huambo, Huíla, Malanje, Namibe e Uíge beneficiaram até ao momento do Plano de Acção para a Promoção da Empregabilidade (PAPE), revelou, ontem, em Ndalatando, a ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Rodrigues Dias, durante o lançamento do programa na região, onde foram criados 618 postos de trabalho.

A ministra revelou que, no âmbito do PAPE, foram capacitados no Cuanza-Norte 478 jovens, dos quais 340 receberam formação em empreendedorismo, precisamente em matérias de gestão básica e negócios, enquanto os demais estão inscritos em outros cursos de curta duração.

Dos jovens beneficiados 57 receberam carteiras profissionais, que geraram mais 56 postos de trabalho, foram entregues 72 kits profissionais, no âmbito do Fomento ao Auto-Emprego, que vão gerar 280 empregos.

O plano deu ainda micro-créditos a 150 jovens, devendo empregar outros 338, no Cuanza-Norte.

Ainda ontem, o MAPTSS deixou 28 kits profissionais para serem entregues a outros candidatos do PAPE.

A ministra destacou que foram também assinados protocolos com algumas instituições, para a realização de estágios profissionais a 80 pessoas, uma iniciativa que vai permitir que estudantes e formandos do sistema de educação e formação profissional possam ter experiência prática em contexto real, aumentando desta forma as oportunidades de emprego.

Cidadela em construção no município do Lucala
A primeira pedra para a construção da Cidadela Jovens de Sucesso, foi lançada, ontem, no município do Lucala, província do Cuanza-Norte, pela titular da pasta do MAPTSS, devendo a obra durar 12 meses, com uma capacidade de albergar 320 pessoas em regime de internamento.

A ministra sublinhou que as Cidadelas Jovens de Sucesso, são infra-estruturas apetrechadas com um formato de reintegração social, direccionada a adolescentes e jovens, para fazerem cursos profissionais nas especialidades de carpintaria, agricultura, pecuária, serralharia, electricidade e informática.

Após a conclusão da formação, em três anos, os jovens obtêm uma dupla certificação, para que consigam estar inseridos no mercado de trabalho.
A nível da Cidadela Jovens de Sucesso, procura-se agregar mais cursos agrícolas e outros de artes e ofícios. O município de Lucala foi seleccionado, por ter um grande potencial agrícola e com as condições necessárias.

Processo de candidaturas
Para facilitar o processo de candidaturas e de outros procedimentos do PAPE, está disponível uma plataforma electrónica, denominada E-Bumba, com vista a dinamizar a intermediação de prestação de serviços, fundamentalmente, para os profissionais que exercem actividade por conta própria.

A ministra realçou que o sucesso do PAPE depende do espírito de responsabilidade, seriedade, determinação, resiliência e foco de todos os beneficiários, relativamente ao cumprimento dos compromissos assumidos, para que se possa garantir a extensão dos mesmos benefícios a outros cidadãos.

No Cuanza-Norte, Teresa Dias visitou, também, os serviços provinciais da Inspecção Geral do Trabalho (IGT), Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), Instituto Nacional de Formação Profissional (INEFOP), o Serviço Integrado de Atendimento ao Cidadão (SIAC).

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.