- Publicidade-
InicioAngolaSociedadeAngola tem défice de fisioterapeutas

Angola tem défice de fisioterapeutas

A maior parte das províncias de Angola debate-se com a falta de fisioterapeutas, havendo algumas com apenas dois, quando o ideal seriam, pelo menos, 200.

Quem o diz é a vice-presidente da Associação Nacional dos Fisioterapeutas de Angola. Vitória Fortunato acrescentou que, actualmente, o país tem mais de três mil fisioterapeutas, mas apenas 480 de nível médio e 760 de nível superior estão inscritos na Associação.

“Existem contactos avançados com o Ministério da Saúde para que os que não estão inscritos na Associação Nacional dos Fisioterapeutas sejam impedidos de exercer a actividade”, garantiu.

Vitória Fortunato, que falava, ontem, ao Jornal de Angola, em alusão ao 5º aniversário da Associação Nacional dos Fisioterapeutas de Angola, que hoje se assinala, referiu que foram agendadas diversas actividades, com destaque para a inauguração da sede, bem como palestras sobre a história da Fisioterapia em Angola, actuação do fisioterapeuta na sociedade e o seu perfil perante o paciente.

Ainda hoje, de acordo com Vitória Fortunato, será realizada a Assembleia-Geral da Associação Nacional dos Fisioterapeutas de Angola, para a destituição do corpo directivo cessante e eleição e tomada de posse da nova direcção.

Está, também, programada, para o próximo dia 12, uma homenagem aos primeiros fisioterapeutas do Centro de Reabilitação Física da Samba, que “ao longo dos anos deram o melhor de si e nunca foram reconhecidos”.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.