- Publicidade-
InicioMundo LusófonoMoçambiqueVão poder regressar residentes forçados a deixar Mocímboa da Praia em Cabo...

Vão poder regressar residentes forçados a deixar Mocímboa da Praia em Cabo Delgado

As comunidades que se viram obrigadas a abandonar as suas residências devido aos ataques terroristas poderão regressar em breve a Mocímboa da Praia em Cabo Delgado, norte de Mocambique. Quem assim garante é o Vice-chefe do Estado Maior General das Forças de Defesa de Moçambique.

Bertolino Capitine, vice-chefe do Estado Maior General das Forças de Defesa de Moçambique não avança detalhes mas garante que os residentes de Mocímboa da Praia que abandonaram as suas casas na sua maioria total ou parcialmente destruídas pelos terroristas poderão regressar.

“Nós vamos determinar a hora e o momento em que a comunidade deve voltar e a comunicação social vai ser convidada para testemunhar este grande acto que é muito em breve como eu disse. É só daí que vamos anunciar e comunicar as autoridades governamentais no sentido de convidar as comunidades para regressarem a Mocímboa.”

O Vice-chefe do Estado Maior General das Forcas de Defesa de Moçambique revela que permanece encerrada a via que liga a cidade de Pemba ao distrito de Palma.

“A abertura da via nós não queremos autorizar agora, primeiro temos que ter a certeza de que o inimigo ja não esta lá porque ele está sendo derrotado.

As forcas de defesa e segurança garantem que as relação com a população melhorou não havendo, por isso, espaço para a violação dos direitos humanos como acusa a amnistia internacional no seu último relatório.

- Publicidade -
FonteRFI
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.