- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Fachin anula condenações de Lula e petista volta a ser elegível

Fachin anula condenações de Lula e petista volta a ser elegível

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou todas as condenações do ex-presidente Lula (PT) na Justiça Federal do Paraná, que diziam respeito à Operação Lava Jato. Com a decisão de Fachin, Lula fica fora da Lei da Ficha Limpa e volta a ser elegível. Na eleição de 2018, o petista concorreria ao cargo, mas foi impedido.

Para o ministro do STF, a Justiça Federal do Paraná é considerada incompetente para julgar os casos que envolvem o tríplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e também do Instituto Lula. Segundo Fachin, a 13ª Vara Federal de Curitiba não seria “juiz natural” dos processos.

Agora, os processos serão analisados pela Justiça Federal do Distrito Federal. O órgão será responsável por decidir se os atos já realizado nos três processos podem ser reaproveitados ou validados.

Em um levantamento divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo, Lula aparece à frente de Bolsonaro em potencial de votos para a eleição de 2022. No levantamento, realizado pelo Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria), 50% dos entrevistados disseram que votariam com certeza ou poderiam votar em Lula se ele se candidatasse novamente à Presidência, e 44% afirmaram que não o escolheriam de jeito nenhum.

Em entrevista recente ao portal UOL, Lula afirmou que seria candidato “se houver razão maior”.

A decisão não diz respeito ao pedido da defesa de Lula para declarar suspeição do juiz Sergio Moro. O mérito ainda será julgado pelo Supremo Tribunal Federal.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.