- Publicidade-
InicioCulturaCinemaRomance de Agualusa é adaptado ao cinema

Romance de Agualusa é adaptado ao cinema

O romance “Teoria geral do esquecimento”, do escritor angolano José Eduardo Agualusa, vai ser adaptado ao cinema, pela realizadora palestiniana Annemarie Jacir, revelou o programa europeu Eurimages, que apoiará a produção do filme.

O projecto, com o título inglês “The oblivion theory”, recebeu, na quarta-feira, um prémio do Eurimages de apoio ao desenvolvimento, no valor de 20 mil euros, no âmbito do mercado de coproduções que decorreu esta semana no Festival de Cinema de Berlim.

O filme será uma produção franco-alemã, com realização da escritora e realizadora palestiniana Annemarie Jacir, com a narrativa ficcional a ser transposta de Angola para a Faixa de Gaza, durante a primeira Intifada (1987-1993).

No romance de Agualusa, editado em 2012, a história decorre em Luanda e começa nas vésperas da proclamação da Independência, a 11 de Novembro de 1975, quando uma mulher portuguesa decide erguer um muro que a separa do edifício onde mora, acabando por sobreviver isolada durante cerca de 30 anos.

No filme, há, também, uma norte-americana, que acidentalmente fica retida num apartamento em Gaza, tornando-se numa “testemunha improvável e numa sobrevivente num país no meio de um conflito”, escreveu a revista “Variety”.

A realizadora e escritora
Annemarie Jacir, 47 anos e descrita como “uma das figuras da Nova Vaga (do cinema) árabe”, trabalha na área há mais de duas décadas.

É autora de filmes como “Wajib” (2017), “When I saw you” (2012) e “Salt of the sea” (2008), todos candidatos pela Palestina a nomeação para Óscares.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.