- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
InicioAngolaSociedadeEntregues 371 livros para criar bibliotecas em escolas no Bengo

Entregues 371 livros para criar bibliotecas em escolas no Bengo

371 livros com o título “O embondeiro que queria ser árvore de Natal”, da escritora Cremilda Lima, foram entregues, ontem, no município de Bula-Atumba, província do Bengo, no âmbito do programa de criação de bibliotecas nas escolas, uma iniciativa da Primeira-Dama da República, Ana Dias Lourenço.

O secretário de Estado para o Ensino Pré-escolar, Francisco Pacheco, que procedeu à entrega dos livros, fez saber que o programa da Primeira-Dama da República visa apoiar as crianças mais vulneráveis, cuja aposta é o da leitura para o seu desenvolvimento intelectual.
Deu a conhecer que a nível do Ministério da Educação, pretende-se associar a intenção da Primeira-Dama da República de Angola com o lançamento do Plano Nacional de Leitura, ocorrido em finais do mês passado, para promover a leitura como factor de desenvolvimento do cidadão, progresso científico e económico-social do país.

Na ocasião, Francisco Pacheco disse que as bibliotecas devem ser parceiras activas das escolas no sentido de bem servirem os alunos, com vista a terem um contacto regular com livros e assim aumentar o seu nível de leitura e facilitar, também, o enquadramento em actividades quotidianas, bem como servir o leitor ávido de conhecimento.

O secretário de Estado para o Ensino Pré-Escolar disse que, em 2020, estava previsto o lançamento da publicação de livros dos escritores angolanos que se dedicam às crianças, com destaque para a escritora Cremilda Lima, com o livro “Embondeiro que queria ser árvore de Natal”, entregue ontem, em Bula-Atumba.

Realçou ainda que outro objectivo do Plano Nacional de Leitura é de desenvolver a capacidade da aprendizagem e da comunicação, lembrando que a escola, além de ser um centro de aquisição de conhecimento, constitui um meio privilegiado de contacto do aluno com o livro, bem como a criação do gosto pela leitura.

A governadora provincial do Bengo, Mara Quiosa, disse que o gesto da Primeira-Dama da República de Angola mostra claramente o amor que tem para com as crianças, sendo que é a mentora do projecto “Roda do amor”, que visa promover o gosto pela leitura.

Fez saber que o Governo da Província do Bengo vai continuar a trabalhar nos 11 Compromissos para a Criança, “por termos resultados positivos nos últimos anos”.

Nos últimos dois anos, a província do Bengo tinha mais de 16 mil crianças fora do sistema de ensino e actualmente este número foi reduzido para 13 mil, “o que significa que alguma coisa está a ser feita”, deu a conhecer a governadora Mara Quiosa.

As crianças do município do Bula-Atumba agradeceram o gesto da Primeira-Dama da República, Ana Dias Lourenço, e pediram para que possa continuar com o programa no sentido de beneficiar outras espalhadas pelo país.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.