- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Senegal: Opositor Sonko acusado de assédio sexual apresenta-se aos juízes

Senegal: Opositor Sonko acusado de assédio sexual apresenta-se aos juízes

O opositor senegalês Ousmane Sonko foi apresentado nesta quarta-feira, 03, ao juiz, em Dakar, para responder às acusações de assédio sexual.

Segundo a AFP, a escolta policial que acompanhou o também deputado de 46 anos confrontou-se com os seus apoiantes, ao ponto de se lançarem tiros de gás lacrimogéneo.

A Assembleia nacional levantou a sua imunidade na semana passada, depois de uma queixa de assédio sexual feita contra si por uma empregada de um salão de sauna.

O deputado nega e acusa o Presidente do Senegal, Macky Sall, de iliça-lo no assunto para afasta-lo da corrida presidencial de 2024, o que o chefe de Estado desmentiu.

As acusações contra o político senegalês suscitaram comparações idênticas às feitas a Karim Wade, filho e antigo ministro do ex-Presidente senegalês, Abdoulaye Wade, e de Khalifa Sall, prefeito destituído de Dakar, ambos condenados por desvio de fundos e impedidos de concorrer a eleição presidencial de 2019.

Khalifa Sall, de 59 anos, eleito em 2012 e reeleito em 2019, ainda não se pronunciou sobre uma eventual candidatura a um terceiro mandato como governador de Dakar, apesar do limite dos dois mandatos instaurado, depois de uma revisão constitucional de 2016.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.