- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
InicioAngolaSociedadeDesejo de ser famoso leva jovem a profanar túmulo

Desejo de ser famoso leva jovem a profanar túmulo

Lubango – Um jovem de 18 anos de idade foi detido, sexta-feira, pela polícia, no Lubango, por, supostamente, ter profanado um túmulo no cemitério do bairro Nambambe, de onde subtraiu um crânio, a fim de entrar no mundo gótico para alcançar a fama na música.

A informação foi avançada à ANGOP, neste sábado, pelo director de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia Nacional na Huíla, inspector José Chimuco, tendo explicado que o facto foi denunciado pelo irmão mais velho do implicado, ambos residentes no bairro do Nambambe.

Segundo o responsável, o irmão do acusado viu-lhe a guardar um crânio em casa, por baixo das almofadas e ficou assustado, daí ter chamado a polícia.

Em interrogatório, conforme o oficial, o acusado alegou que pretende “ser famoso” fazendo música e para tal, recebeu instruções de um quimbandeiro de que seria necessário estar inserido no mundo dos góticos e seguir certos rituais.

O estilo gótico tem origem nos tempos medievais, séculos XIII e XIV, ligado principalmente à arquitectura como catedrais e igrejas. Fortificou-se anos mais tarde, onde a época medieval era considerada um período bárbaro e obscuro.

O gótico é assim considerado aquele que cultiva a depressão, utiliza a música, arte e a literatura para expressar as suas decepções tanto amorosas quanto da vida, sua opinião sobre o mundo e sobre as coisas no qual ninguém se importa, ou ainda para criticar aquilo que tanto o incomoda.

Em Angola há relatos de existirem pequenos grupos distribuídos em diversos locais do país, mas ainda continuam “escondidos”.

- Publicidade -
FonteANGOP
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.