- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
InicioMundoEuropaClima tenso na Catalunha, após sexta noite de protestos contra a prisão...

Clima tenso na Catalunha, após sexta noite de protestos contra a prisão do ‘rapper’ Pablo Hásel

A polícia catalã deteve 109 pessoas nos distúrbios que começaram na terça-feira da semana passada contra a prisão do ‘rapper’ Pablo Hasél e que provocaram também mais de 100 feridos, incluindo uma manifestante que perdeu um olho.

Hásel, 32 anos, foi condenado na passada terça-feira a nove meses de prisão, por “ofensas à monarquia e enaltecimento ao terrorismo” nas letras das suas músicas e em mensagens publicadas nas redes sociais. Por já arrastar várias outras penas suspensas, a Audiência Nacional Espanhola rejeitou desta vez a suspensão da pena de prisão do músico.

A detenção do ‘rapper’ desencadeou uma onda de protestos em Madrid, Barcelona e outras cidades espanholas, que duram já desde a passada terça-feira. Após uns primeiros dias de confrontos intensos entre polícias e manifestantes, a tensão tem vindo a diminuir por toda a Espanha. Na Catalunha, no entanto, houve um aumento da violência nos protestos durante o fim-de-semana, que culminou com roubos em lojas, confrontos com a polícia e destruição de património urbano.

Através da rede Twitter, a Amnistia Internacional condenou a prisão de Hásel, qualificando-a de terrível notícia para a liberdade de expressão em Espanha.

Por seu lado, o Governo Espanhol anunciou que planeia reduzir a pena por delitos vinculados à liberdade de expressão no contexto de actividades culturais ou artísticas.

- Publicidade -
FonteRFI
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.