- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Pai viola sexualmente a filha desde 2012 e a deixa grávida

Pai viola sexualmente a filha desde 2012 e a deixa grávida

Um indivíduo, de 34 anos, foi detido, na quinta-feira, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), acusado de abusar sexualmente a própria filha de 16 anos , desde 2012, ao ponto de a engravidar, facto que chocou a vizinhança e sociedade em geral, em acto ocorrido, no bairro da Cangambo, na cidade de Malanje.

De acordo com o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, superintendente Lindo Ngola, o acusado já praticava relações sexuais desde 2012, e só agora foi possível descobrir o facto, após a menor apresentar sinais evidentes de gestação de vários meses. O oficial superior do Serviço de Investigação Criminal informou, à comunicação social, que o suposto criminoso vivia com a filha desde a separação com a mãe, em meados de 2012.

Segundo o SIC que cita fonte familiar, durante os nove anos de envolvimento sexual com a filha, o indivíduo forçou a interrupção de gravidez, por duas vezes, sendo que a terceira foi impedido graças à descoberta dos familiares que denunciaram o crime às autoridades policiais.

O superintendente Lindo Ngola, que não avançou a moldura penal a ser aplicada ao infractor, referiu que o caso está em instrução preparatória, devendo obedecer a medidas cautelares em Processo Penal, para ser introduzido em juízo para o devido julgamento. De acordo com relato de alguns familiares, os outros filhos com quem vivia já desconfiavam de haver algo anormal na relação entre o pai e a irmã, pelo facto de o progenitor nunca se opor, nem repudiar a menor mesmo quando cometesse algum erro em casa passível de reprimenda.

Três violações sexuais em sete dias

Em Malanje, a Polícia Nacional registou, durante os últimos 7 dias, três casos consecutivos de violação sexual de menores.

Em virtude dessa situação, o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal aconselha as adolescentes e jovens raparigas no sentido de evitarem circular a altas horas da noite sozinhas, alertando aos pais e encarregados de educação para reforçarem a vigilância e a guarda de menores.

Entretanto, o Serviço de Investigação Criminal registou ainda nove crimes, dos quais sete esclarecidos, com 11 detidos e o esclarecimento do roubo de 13 cabeças de gado bovino, em Cambaxe, município de Malanje.

A Polícia Nacional em Malanje, registou no período compreendido entre 9 e 16 de Fevereiro 35 crimes de natureza diversa, dos quais 27 foram esclarecidos na ordem de 77 e detidos 27 indivíduos como presumíveis autores.

Dos crimes registados, 13 foram contra pessoas, sendo três ofensas corporais, um homicídio, três abusos sexuais de menores, uma agressão física, uma ameaça de morte, um caso de abandono de recém-nascido e seis ofensas contra a integridade física, destas quatro são graves.

Nos últimos sete dias, foram ainda registados três crimes económicos, a realização de 26 micro-operações em Malanje, Cacuso, Massango e Quela que permitiu à emissão de 12 mandados de captura, tendo sido detidos 25 pessoas e a apreensão de 310 metros de cabos eléctricos. O Tribunal Provincial de Malanje julgou e condenou dois réus na pena de 60 dias de prisão, por desacato concorrido com tentativa de difamação contra agente da autoridade.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.