- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo EUA Procuradora no Estado da Geórgia abre processo-crime contra Donald Trump

Procuradora no Estado da Geórgia abre processo-crime contra Donald Trump

No dia em que o Senado começou a ouvir as alegações dos democratas e dos advogados de defesa do antigo Presidente Donald Trump, no julgamento em que é acusado de incitar à insurreição a 6 de Janeiro, os procuradores do condado de Fulton, no Estado da Geórgia, anunciaram uma investigação criminal contra ele pela sua tentativa de reverter os resultados das eleições em que foi derrotado por Joe Biden.

A Procuradora Fani Willis, do Partido Democrata, pediu a diversas autoridades locais que não se desfaçam de documentos relacionados à pressão que Trump exerceu na sua tentativa de impedir a confirmação do resultado das eleições em que ele foi derrotado.

No dia 2 de Janeiro, Donald Trump telefonou para o secretário de Estado da Geórgia, o republicano Brad Raffensperger, e insistiu para que ele “encontrasse” votos suficientes para reverter sua derrota.

Durante a conversa, o Procurador da Geórgia e o conselheiro geral do seu escritório rejeitaram as afirmações de Trump e explicaram que o presidente seguia teorias conspiratórias desmascaradas e que a vitória de Biden foi justa.

Trump rejeitou os seus argumentos e ripostou: “O povo da Geórgia está com raiva, o povo do país está com raiva, e não há nada de errado em dizer, você sabe, hum, que você recalculou”.

Na conversa tornada pública pela imprensa, Raffensperger respondeu: “Bem, Sr. Presidente, o desafio que tem é que os dados que você tem estão errados”.

Outras tentativas
O telefonema não foi a única tentativa do então Presidente para levar os votos da Geórgia mesmo tendo perdido as eleições lá.

Ele também pediu ao governador, o republicano Brian Kemp, para convocar uma sessão legislativa para reverter o resultado de sua derrota e telefonou para um policia a pedir que ele “encontrasse a fraude”.

Donald Trump perdeu a eleição e agora enfrenta vários processos legais.

Ele ainda não reagiu à notícia.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.