- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Guiné-Bissau Activistas guineenses alertam que há cada vez mais adolescentes e jovens a...

Activistas guineenses alertam que há cada vez mais adolescentes e jovens a consumir drogas

Activistas guineenses estão preocupados com o aumento de adolescentes e jovens que consomem drogas, algumas injectáveis. Pedem a mudança da situação.

Há crianças de dez anos no mundo das drogas, dizem.

A droga mais consumida é cannabis, tendo em conta o seu preço acessível” e a disponibilidade em qualquer esquina de Bissau ou interior do país, diz Abílio Aleluia Có, director-executivo do Observatório Guineense de Drogas e Tóxico dependência.

Mas não é apenas o consumo da cannabis que preocupa os activistas e especialistas. Em 2016, eles notaram outra tendência.

Có explica que “os adolescentes e jovens já estão a consumir drogas injectáveis e drogas sintéticas; a segunda mais consumida é crack; a a terceira, e de forma muito assustadora, é ‘MD’, uma droga sintética que consomem sem conhecer os seus efeitos para a saúde”.

Sobre as consequências do consumo de droga, a maior preocupação assenta, sobretudo, na saúde dos dependentes.

O psicólogo, Jerónimo Henrique Té, director do Centro de Mental de Bissau, alerta que os jovens devem ter cuidado, porque a droga “faz alteração a nível do sistema nervoso central”.

O seu consumo pode resultar em doenças mentais e “constituir um grande risco para a família e a sociedade, pois o paciente pode-se tornar agressivo”, diz Té.

A socióloga Cadija Mané acrescenta que o consumo de drogas cria um desvio comportamental que pode resultar em assaltos, roubos e até homicídios.

“É necessário criar estratégias que possam travar o acesso dos adolescentes e jovens” à droga, sugere Mané.

Mas perante o que chama “inércia do Estado” na luta contra o tráfico e consumo de drogas, Abílio Có diz que “será difícil inverter a actual situação”.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.