- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Governo vai contruir estruturas de água no Sul do País

Governo vai contruir estruturas de água no Sul do País

Oitenta infra-estruturas de água, entre represas e reservatórios, serão construídas este ano na região sul do país,no quadro do programa de protecção social e desenvolvimento local.

Esta informação foi avançada nesta segunda-feira pela directora adjunta do Fundo de Apoio Social (FAS), Teresa Quivienguele, durante a cerimónia de abertura de uma acção de formação de técnicos com o objectivo de fortalecer a capacidade de implementação e gestão de programas, para aprimorar a qualidade de intervenção junto das comunidades.

Conforme a responsável, em agenda consta ainda a reabilitação de 70 projectos ligados a educação, saúde e centros de acção integrada no âmbito da municipalização da acção social, bem como integrar cerca de 100 estudantes universitários em estágios comunitários para reforçar o diálogo entre as universidades e as comunidades.

Acrescentou que vão realizar o pagamento dos valores aos 300 mil agregados familiares cadastrados em 2020, no âmbito do programa Kwenda, e incluir mais 400 mil agregados familiares ao longo deste ano.

Por seu turno, o secretário de Estado para a Administração Local, Márcio Daniel, instou os formandos a desfazer os complexos no que a governação local diz respeito, como o desafio de se fazer com que a vida se faça efectivamente nos municípios, bem como o desafio da desconcentração das mentes.

Já a delegada do FAS no Cuanza Sul, Carolina Aguira Sanito, na sua região os projectos estão a ser cumpridos estando com três componentes que são a construção de infra-estruturas, a economia local e o reforço das capacidades.

Na sua região estão cadastradas mais de 40 mil agregados para o programa de protecção Social.

O Programa Kwenda é financiado pelo Banco Mundial num valor de 320 milhões e o Estado Angolano comparticipa com 100 milhões e prevê assistir um milhão e 600 mil agregados vulneráveis.

A formação é destinada aos directores provinciais e técnicos do FAS da região norte que compreende as províncias de Luanda, Bengo, Cuanza Sul, Cuanza Norte, Cabinda e Zaire.

O objectivo principal do Kwenda é apoiar as famílias em situação de vulnerabilidade e sua a inclusão em actividades geradoras de rendimento. Cada agregado beneficia trimestralmente de 25 mil de kwanzas, equivalente a oito mil Kwanzas/mês, durante três anos.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.