- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Ngozi Okonjo-Iweala da Nigéria prepara-se para liderar a OMC após a...

Ngozi Okonjo-Iweala da Nigéria prepara-se para liderar a OMC após a saída de Yoo da Coreia do Sul

A ex-Ministra das Finanças da Nigéria, Dra. Ngozi Okonjo-Iweala, é a última mulher na corrida para se tornar a nova Directora-Geral da Organização Mundial do Comércio após a retirada do Ministro do Comércio da Coreia do Sul, Yoo Myung-hee, em 5 de fevereiro.

A corrida ao cargo está congelada desde 6 de Novembro, quando se descobriu que Okonjo-Iweala tinha o apoio de mais de 70% dos membros da OMC, mas o governo do presidente Donald Trump insistiu que vetaria a sua candidatura e apoiaria o ministro Yoo.

Nesse ponto, os administradores da OMC suspenderam o processo eleitoral indefinidamente. Diplomatas em Genebra disseram que a decisão era para ver se os EUA mudariam de posição, se Trump perdesse a eleição presidencial naquele mês.

A 6 de Fevereiro, Okonjo-Iweala twittou que esperava formalizar a sua adesão, sugerindo que as coisas agora podem estar acontecendo rápido.

Com a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, parece certo que Washington reconhecerá a vitória de Okonjo-Iweala na disputa da liderança da OMC. Notícias da Coreia do Sul a 5 de Fevereiro afirmavam que a decisão de Yoo de se retirar foi tomada em “consulta directa com os Estados Unidos”.

Molly Toomey, porta-voz da Dra. Okonjo-Iweala, disse ao The Africa Report : “A Dra. Ngozi Okonjo-Iweala parabeniza Yoo Myung-hee pela sua longa campanha e dá as boas-vindas ao compromisso da Coréia do Sul em reconstruir e aprimorar o multilateralismo. Há um trabalho vital a fazer juntos. Ela espera a conclusão do processo de seleção do Diretor-Geral. ”

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.