- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Outras modalidades Suspensão dos voos atrasa saída do judoca angolano Hélio Zembula

Suspensão dos voos atrasa saída do judoca angolano Hélio Zembula

A suspensão temporária das ligações aéreas com Portugal, por conta da nova estirpe da do vírus SARS-CoV-2, está a condicionar a saída do judoca angolano Hélio Zembula.

O internacional, da categoria dos 66 quilogramas, tem programado um estágio pré-competitivo de trinta dias, no Centro de Alto Rendimento do Sporting, visando a disputa do Campeonato Africano, agendado para Marrocos de 18 a 21 de Abril próximo.

Em declarações ao Jornal de Angola, o atleta, que representa o Clube Desportivo da Banca, mostrou-se preocupado, mas acredita na resolução do problema antes do prazo estabelecido. “Estou ansioso, porque sei que vou chegar atrasado.

Felizmente, os trabalhos no Centro também não estão a cem por cento. Isso vai me dar tempo. Vamos torcer para que tudo corra bem, e daqui a três semanas haja solução”.

Zembula ressalta a importância do estágio. “É um estágio que me vai ajudar muito, tendo em conta o tempo que estive parado. Vou aproveitar o máximo, porque pretendo conseguir uma medalha no Campeonato Africano de Marrocos, prova qualificativa para os Jogos Olímpicos. Quero chegar a Tóquio’2020 e para tal devo somar pontos”, disse.

O estágio em terras lusas tem o patrocínio da Empresa Nacional de Seguros de Angola (ENSA). Hélio Zembula tem no palmarés quatro títulos de campeão universitário africano. Na sua galeria perfilam dentre outras, medalhas de ouro do Torneio Internacional de Nedbank e do Campeonato Africano do Ghana, bem como medalhas de prata do Open Universitário na África do Sul e da Taça Nelson Mandela (Zimbabwe).

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.