- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Propina mensal de medicina na UPRA dispara de 48 mil para 175...

Propina mensal de medicina na UPRA dispara de 48 mil para 175 mil kwanzas e gera revolta

A Universidade Privada de Angola (UPRA) registou recentemente uma subida exorbitante do preço da mensalidade do curso de licenciatura de medicina do 1º ano. O valor a ser pago pelos estudantes passou de 48 mil para 175.950 kwanzas, facto que tem gerado revolta nos alunos.

Não é a primeira vez que a UPRA vê-se envolvida em uma situação do gênero, no ano passado a instituição já havia informado uma subida nos preços das mensalidades, o que fez com que na época os estudantes se manifestassem.

A direcção da universidade justifica a subida da mensalidade, atendo-se à desvalorização que a moeda nacional tem sofrido nos último tempos, ao elevado custo de aquisição dos materiais laboratoriais e, a construção do Centro Policlínico Universitário (CEPOU), que vai oferecer estágios para os estudantes a partir do 3º ano.

No que lhe diz respeito, o presidente da associação dos estudantes da UPRA (AEUPA), garante que de acordo ao decreto, o aumento seria feito em até 13% do valor pago antes da pandemia: “Esse valor está fora do Decreto Presidencial n.º 206/11, de 29 de Outubro, que aprova as bases gerais para a organização do sistema nacional de preços e, o ensino não está sobre as bases dos preços livres. Logo não é permissível que as famílias possam pagar propinas nestes preços mensalmente”, disse acrescentando que, “os estudantes estavam conscientes de que haveriam aumentos e se inscreveram na UPRA com essa informação, mas a mensalidade seria no máximo até 60 mil kwanzas”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.