Radio Calema
InícioAngolaSociedadeHospital Regional de Malanje pode ficar sem médicos especialistas em Abril próximo

Hospital Regional de Malanje pode ficar sem médicos especialistas em Abril próximo

O Hospital Regional de Malanje poderá ficar sem médicos especialistas a partir de Abril próximo, porque os 10 que prestam serviço na instituição estão na fase terminal do contrato, e não há garantias de quem de direito da renovação nem o envio de novos quadros, revelou ao Jornal de Angola o director provincial da Saúde, Avantino Sebastião.

“Nos últimos dois anos tem reduzido o número de médicos especialistas. Eram 40 e agora só são apenas 10. Têm deixado a província porque os contratos não têm sido renovados. Portanto, por este andar, dentro de dois meses já não teremos nenhum especialista”, disse, para acrescentar: “Já levamos a situação ao conhecimento dos órgãos superiores, responderam que não há condições para o enviarem novos especialistas por enquanto”.

A área de Cirurgia, segundo o responsável, é uma das que mais poderá causar constrangimentos aos habitantes da província com a iminente ausência dos especialistas, devido ao elevado número de casos de traumatismo cefálico causados por acidentes de viação que se registam sistematicamente na região.

“A grande preocupação prende-se com as especialidades cirúrgicas. Não temos como adaptar alguém que não é especialista da área para operar pacientes. Na maternidade a situação é muito mais crítica, porque contamos com um único especialista geneobstetra para atender mais de um milhão de habitantes”, lamentou.

Avantino Sebastião informou que 30 médicos da província estão a formar-se em várias especialidades em Luanda, mas só terminam em 2024. “Até lá temos de nos sujeitar com os quadros que temos”, disse.

FonteJA

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.