- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Burla nas redes sociais: Não há concurso público na Polícia Nacional

Burla nas redes sociais: Não há concurso público na Polícia Nacional

Com o propósito de acabar com os casos de burlas nas redes sociais, o porta-voz da Polícia Nacional, comissário Orlando Bernardo, esclareceu esta quarta-feira, que não há qualquer concurso público de ingresso na corporação como tem estado a ser divulgado.

Em conferência de imprensa, o comissário Orlando Bernardo disse que o ingresso de cidadãos na Polícia Nacional é realizado por via de concurso público, antecedido de uma comunicação pelos órgãos estatais e privados de comunicação.

Estando a veicular nas redes sociais informações que dão conta de recrutamento de cidadãos para ingresso na Polícia Nacional de Angola. Com o intuito de alertar a opinião pública nacional, a Direcção do Comando Geral da Polícia Nacional de Angola aproveita para esclarecer e informar o seguinte:

“As referidas informações são falsas e não vinculam o nome desta corporação. O ingresso na Polícia Nacional de Angola tem sido realizado com base nos cidadãos na condição de ex-militares das Forças Armadas Angolanas, licenciados a disponibilidade, estando presentemente suspenso, por força das medidas de prevenção e controlo de propagação da Covid-19”, explicou o Comissário.

Em relação aos cidadãos da sociedade civil, o porta-voz da Polícia Nacional disse que o ingresso na corporação é realizado por via de Concurso Público nos termos da legislação específica vigente, antecedido de uma comunicação pelos órgãos estatais e privados de comunicação social.

“Neste sentido, reiteramos que não há concurso público na Polícia Nacional. Por este facto, apelamos aos cidadãos para não partilharem tais informações e denunciarem quaisquer práticas que suscitem indícios de burlas decorrentes de garantias de ingresso na Polícia Nacional de Angola, para responsabilização dos infractores nos termos da lei em vigor”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.