- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Registados 470 casos de violência contra criança

Registados 470 casos de violência contra criança

Pelo menos 470 casos de violência contra a criança foram registados na província do Zaire, em 2020, disse ao Jornal de Angola fonte do INAC, afirmando que, apesar de haver uma ligeira redução, a situação continua a preocupar a instituição na região.

De acordo com o director do INAC no Zaire, Rafael Kidiwa, o desemprego, a pobreza, divórcio, falta de condições económicas e financeiras constituem as principais causas da violência contra as crianças na região.

Dos 470 casos de violência contra a criança notificados, durante o ano de 2020, na província do Zaire, houve uma redução de 202 em relação ao período anterior (2019), fruto do trabalho de sensibilização das comunidades realizado pelo INAC e parceiros sociais.

“A tendência é reduzir, mas a cifra continua a constituir preocupação por parte da direcção local do INAC, na medida em que parte dos casos de violência têm lugar no seio familiar”, acrescentou.

O responsável do INAC fez saber que, dos casos registados em 2020, a fuga à paternidade lidera a lista com 197 ocorrências, trabalho infantil com 177, abandono 47, disputa pela guarda dos filhos 25 casos.

Constam ainda das ocorrências registadas pela instituição no Zaire, sete casos de gravidez precoce, cinco homicídios, quatro de violação sexual, três de violência física, igual número de casos de negligência e dois raptos de menores.

Rafael Kidiwa fez saber que, a nível da província do Zaire, o município de Mbanza Kongo é a localidade que mais casos registou ao somar 185 violações dos direitos da criança, seguindo-se o Kuimba com 183, Soyo com 70, Tomboco 17, Nzeto 10 e Nóqui cinco.

No período em referência, o INAC interpelou 34 crianças provenientes de Luanda que foram encaminhada para o centro de acolhimento Frei Giorgio Zulianello, porque estavam acompanhadas por cidadãos da República Democrática do Congo (RDC), sem documentos.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.