- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Música Donald Trump perdoa rapper com cadastro de violência e posse de armas

Donald Trump perdoa rapper com cadastro de violência e posse de armas

Kodak Black está na lista de comutações de pena. Lil Wayne e Steve Bannon também receberam a clemência do Presidente cessante

Kodak Black, de 23 anos, que foi criado em Pompano Beach, Flórida, e cujo sucesso “Tunnel Vision” se tornou a sua primeira música no top 10 da Billboard Hot 100 dos Estados Unidos – foi preso várias vezes e enfrentou acusações de porte de arma, drogas e má conduta sexual.

Kodak Black, cujo nome verdadeiro é Bill Kapri, foi condenado a mais de três anos de prisão por porte de arma em Novembro de 2019. Em Agosto de 2019, ele confessou-se culpado de fazer propositadamente declarações falsas ao tentar adquirir armas de fogo de um traficante de armas licenciado pelo governo federal. O juiz distrital dos EUA Federico Moreno em Miami condenou Kapri a 46 meses de prisão, seguidos de três anos de liberdade supervisionada.

Em Abril de 2019, ele foi preso por acusações separadas de porte de arma e drogas perto das Cataratas do Niagara, Nova Iorque, enquanto tentava entrar nos Estados Unidos vindo do Canadá. Kapri enfrentou acusações de porte criminoso de arma de segundo grau e porte ilegal de marijuana.

Ele declarou-se culpado naquele caso em Março. A sentença deveria ser cumprida concomitantemente com o caso fora de Miami.

Kapri também foi indiciado por um grande júri na Carolina do Sul em 2016, acusado de conduta sexual criminosa de primeiro grau.

“Kodak Black pagou por cadernos de crianças em idade escolar, forneceu fundos e suprimentos para creches, forneceu comida para pessoas com fome e anualmente fornece assistência para crianças carentes durante o Natal. Mais recentemente, enquanto ainda estava encarcerado, a Kodak Black doou 50.000 dólares ao Barstool Fund de David Portnoy, que fornece fundos para pequenas empresas afectadas pela pandemia COVID-19. O único pedido de Kodak Black foi que sua doação fosse destinada a restaurantes em sua cidade natal”, explicou a assessora de imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany.

Na lista de perdões do Presidente cessante está também outro rapper bastante conhecido, Lil Wayne e um dos seus antigos directores de comunicação, Steve Bannon.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.