- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique Terrorismo em Cabo Delgado leva chefe da diplomacia portuguesa a Maputo

Terrorismo em Cabo Delgado leva chefe da diplomacia portuguesa a Maputo

A deslocação do diplomata português “surge na sequência do pedido de reforço da cooperação que Moçambique dirigiu à União Europeia, em Setembro passado, relativo à situação de segurança na província de Cabo Delgado”

O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, inicia, nesta terça-feira, 19, uma visita a Maputo para discutir a cooperação no combate ao terrorismo em Cabo Delgado, norte de Moçambique.

Santos Silva, diz uma nota da União Europeia, estará em Maputo, entre 19 e 21 de Janeiro, “em representação do Alto Representante/Vice-Presidente da Comissão Europeia, Josep Borrell, para contactos políticos de alto nível com as Autoridades Moçambicanas.

A nota refere que a deslocação do diplomata português “surge na sequência do pedido de reforço da cooperação que Moçambique dirigiu à União Europeia, em Setembro passado, relativo à situação de segurança na província de Cabo Delgado”.

Uma fonte da União Europeia é citada pela imprensa portuguesa a afirmar que o bloco está pronto a apoiar Moçambique e serão proximamente discutidas opções concretas.
A violência em Cabo Delgado, reivindicada pelos jihadistas do Estado Islâmico, matou, desde 2017, pelo menos duas mil pessoas. Os deslocados, mais de 560 mil pessoas, vivem em condições que requerem muita atenção em Pemba, Niassa e Nampula.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.