- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique Covid-19: Linhas Aéreas de Moçambique anunciam fim da operação entre Maputo e...

Covid-19: Linhas Aéreas de Moçambique anunciam fim da operação entre Maputo e Lisboa

“O voo manteve-se até a data, conforme o programado, mas não foi estendido, devido à situação da pandemia da covid-19 na Europa e noutros países do mundo”

A companhia Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) anunciou esta terça-feira o fim da operação que ligava Maputo e Lisboa devido à pandemia do novo coronavírus.

“O voo manteve-se até a data, conforme o programado, mas não foi estendido, devido à situação da pandemia da covid-19 na Europa e noutros países do mundo”, refere uma nota da LAM.

A operação, que era feita em parceria com a empresa portuguesa Hi Fly, foi reintroduzida em Julho e tinha um prazo de seis meses, estando previsto que terminasse oficialmente no dia 15 de Janeiro.

“[A operação] foi realizada com sucesso”, frisa o comunicado da companhia.

Um voo semanal, que estava a ser efectuado através de uma aeronave Airbus A330-300, partia às terças-feiras de Lisboa para Maputo, às 20:00 (hora local na partida) e outro às quartas-feiras, de Maputo para Lisboa, às 23:55 (hora local na partida).

O voo representava o regresso da companhia de bandeira moçambicana ao espaço europeu, após quase 10 anos, e era descrito como um percurso sustentável, colocando a LAM numa ‘nova rede’.

“Olhamos a inteligência de tráfego e notamos que, de longe, esta é a rota que tem mais passageiros. Não só entre Lisboa e Maputo, como também de Maputo para Lisboa e depois para a Europa ocidental”, afirmou, na altura do anúncio da operação, João Carlos Pó Jorge, director geral da companhia.

MOÇAMBIQUE REGISTA 197 MORTES POR COVID-19
Moçambique conta com um total de 22.334 casos de infecção pelo novo coronavírus, 197 óbitos e 17.623 (78%) pessoas totalmente recuperadas, segundo a última actualização.

Em Portugal, morreram 7.925 pessoas dos 489.293 casos de infecção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.934.693 mortos resultantes de mais de 90,1 milhões de casos de infecção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.