- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Covid-19 Covid-19: Marcelo Rebelo de Sousa está infectado, mas é assintomático

Covid-19: Marcelo Rebelo de Sousa está infectado, mas é assintomático

O Presidente da República de Portugal está infetado com o SARS-CoV-2. Marcelo Rebelo de Sousa teve resultado positivo num teste PCR, mas não tem sintomas.

O resultado foi divulgado no portal da Presidência da República. Marcelo Rebelo de Sousa recebeu o resultado pelas 21h30 de segunda-feira.

O Chefe de Estado está isolado na zona residencial do Palácio de Belém, já respondeu ao inquérito do delegado de Saúde e entretanto fez um novo teste para confirmação do primeiro.

O resultado deverá ser conhecido dentro de algumas horas.

Agenda cancelada

O Presidente não vai participar de forma presencial na sessão desta terça-feira com os especialistas na sede do Infarmed.

Marcelo também não terá reuniões presenciais com os representantes dos partidos com assento parlamentar, que deveriam acontecer no âmbito da renovação do estado de emergência.

A reação de António Costa

O primeiro-ministro escreve na rede social Twitter que já falou ao telefone com Marcelo Rebelo de Sousa, porque quis inteirar-se do estado de saúde do Presidente.

António Gosta deseja ainda ao Presidente rápida e completa recuperação.

As reações dos candidatos a Belém

Os candidatos à Presidência da República desejam uma rápida recuperação a Marcelo Rebelo de Sousa.

Ana Gomes, João Ferreira, Marisa Matias e Tiago Mayan expressaram votos de rápida recuperação ao Presidente.

A maioria aguarda indicações das autoridades de saúde para saberem se têm de cumprir isolamento. Estiveram em contacto com o Presidente da República ao longo da última semana em debates televisivos.

André Ventura é o único que decidiu já avançar para isolamento.

Reunião no Infarmed

Esta terça-feira há reunião no Infarmed entre Governo e especialistas. Vai ser analisada a situação do país a dois dias de um novo confinamento geral.

O coordenador do plano nacional de vacinação contra a Covid-19, Francisco Ramos, deverá fazer um balanço em relação às vacinas.

A reunião é importante para decidir as medidas do novo estado de emergência. Por exemplo, para a decisão de manter ou não as escolas abertas.

O primeiro-ministro veio ontem negar que as medidas de confinamento que vierem a ser tomadas sejam tardias.

António Costa afirmou que os números da pandemia revelam que, se as decisões tivessem sido tomadas mais cedo, teriam sido insuficientes.

O quadro em Portugal

Morreram mais 122 pessoas entre domingo e segunda-feira, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Portugal nunca teve tantos óbitos por Covid 19 em 24 horas.

Havia ontem mais 5604 casos confirmados de infeção.

Estavam internadas mais 213 pessoas. Nos cuidados intensivos, encontravam-se mais nove pessoas, para um total de 567.

O quadro internacional

A pandemia da Covid-19 provocou pelo menos 1.934.693 mortos resultantes de mais de 90,1 milhões de casos de infeção, de acordo com o balanço em permanente atualização por parte da agência France Presse.

A Covid-19 é a doença causada por um novo coronavírus, o SARS-CoV-2, identificado no final de dezembro de 2019 em Wuhan, no centro da China.

- Publicidade -
FonteRTP
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.