- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Restos mortais de pescador desaparecido há um ano chegam a Viana

Restos mortais de pescador desaparecido há um ano chegam a Viana

Os restos mortais de um pescador de Viana do Castelo desaparecido no mar há cerca de um ano, chegarão em breve a Portugal. Segundo fonte da família, será realizada uma missa no dia 12, às 18 horas, na igreja de S. Domingos, em Monserrate.

Arisberto Guia, de 64 anos, desapareceu num sábado, 28 de dezembro de 2019, ao largo de Viana do Castelo. Em março de 2020, foi encontrado um corpo na costa francesa, que acabou por ser identificado como sendo o daquele pescador desaparecido.

Aspetos burocráticos terão arrastado a trasladação para a terra natal. Na altura do desaparecimento, a embarcação de recreio, com seis metros, em que Arisberto Guia saíra para pescar de manhã, foi encontrada no mesmo dia às 17.10 horas, cerca de uma hora depois da mulher ter dado o alerta para o desaparecimento.

A embarcação foi detetada pela Polícia Marítima, a cerca de três milhas da costa, e rebocada para terra. No interior foram encontrados pertences do pescador, nomeadamente, os telemóveis.

Arisberto Guia, residente em Viana do Castelo, era um pescador popular na zona da Ribeira, conhecido por “Berto” e a quem era reconhecido o dom e o gosto para cantar o fado. Praticava habitualmente pesca lúdica.

- Publicidade -
FonteJN
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.