- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal António Costa recebeu Francisca Van Dunem em São Bento para debater escolha...

António Costa recebeu Francisca Van Dunem em São Bento para debater escolha de procurador europeu

A estação pública de televisão adianta ainda que António Costa “manifestou total apoio e confiança” a Francisca Van Dunem para que a governante se mantenha em funções.

O primeiro-ministro António Costa recebeu esta segunda-feira a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, no Palácio de São Bento, para abordar a polémica escolha de José Guerra para procurador europeu, avançou a RTP.

A estação pública de televisão adianta ainda que António Costa “manifestou total apoio e confiança” a Francisca Van Dunem para que a governante se mantenha em funções.

No debate desta segunda-feira entre Marcelo Rebelo de Sousa e João Ferreira, na TVI, o Presidente da República foi confrontado com o caso do procurador e acabou por confirmar que, em conversa com António Costa, o primeiro-ministro disse a Marcelo que tinha total confiança na ministra da Justiça.

A polémica sobre a escolha de José Guerra para procurador europeu, em detrimento de Ana Carla Almeida, procuradora do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), onde são investigados os processos mais complexos da criminalidade económico-financeira, levou o ano passado a ministra da Justiça dar explicações perante a Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

O responsável máximo da DGPJ, Miguel Romão, demitiu-se hoje do cargo na sequência da polémica sobre as incorreções contidas no currículo do procurador europeu José Guerra.

Em comunicado, o Ministério da Justiça (adianta que o diretor-geral da DGPJ colocou hoje o seu lugar à disposição, tendo em conta os últimos acontecimentos que envolvem o currículo do procurador José Guerra, decisão que foi aceite pela ministra.

Francisca Van Dunem comunicou ainda a sua inteira disposição para se deslocar ao parlamento o mais rapidamente possível após o pedido do PSD que pretende esclarecer notícias que referem que o Governo terá dado informações falsas para justificar a escolha de José Guerra como procurador europeu.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.