- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Exportação bens do PRODESI rende 37 milhões

Exportação bens do PRODESI rende 37 milhões

O valor total das exportações de produtos alvo do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (Prodesi), efectuadas até 21 de Dezembro de 2020, atingiu 37 milhões de dólares – cerca de 24 mil milhões de kwanzas (AKZ).

Trinta e sete milhões de dólares (AKZ 24 mil milhões) é o valor total resultante das exportações dos produtos alvos do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (Prodesi), realizadas até 21 de Dezembro de 2020.

Dos produtos alvo do Prodesi mais exportados destacam-se 10, e desses o clinquer, a cerveja e o açúcar lideram o Top 3, somando um terço do valor total das exportações (USD 37 milhões).

Além daqueles bens, integram o “Top 10” fraldas descartáveis, sumos refrigerantes, cimento Portland (excepto branco), Banana, embalagem de vidro, farinha de trigo, guardanapos, papel higiénico e rolos de papel de cozinha.

Relativamente aos principais destinos das exportações de Angola, a lista é liderada por países africanos. A RDCongo vem a frente do Congo Brazzaville e dos Camarões, com um volume de compras avaliadas em 20.1 milhões de dólares (AKZ 13.1 mil milhões), 54 % do valor total das exportações.

São Tomé e Príncipe, Portugal, Brasil, Namíbia, Espanha, China e África do Sul são outros que integram uma lista de 10 países que mais importou bens alvos do Prodesi em 2020.

No ano findo, o Prodesi, criado em 2018, financiou 661 projectos (55,1%) avaliados em 727 mil milhões de kwanzas, de um total de mil e 199. Do total dos projectos submetidos à banca 191 estão em negociações, permitindo a criação de 54 mil e 241 empregos e o registo de quatro mil produtos.

Um acompanhamento das importações de Angola, efectuado até Dezembro de 2020, apurou que só a importação de três produtos resultou em 1,4 mil milhões de dólares. Os mesmos totalizaram 47% das importações, nomeadamente o arroz com 21% (USD 302 milhões/471 toneladas), óleo de palma 14% (USD 193 milhões /184 mil toneladas) e frango 12% ( USD 174 milhões/187 mil toneladas).

Com o Prodesi, segundo Ministério da Economia e Planeamento (MEP), departamento que rege o programa, reduziu-se as importações e o aumento de produtos como a batata, milho, cereais, raízes e tubérculos, hortaliças, ovos, entre outros.

O Prodesi é um Programa do Executivo angolano que visa acelerar a diversificação da produção nacional e geração de riqueza, num conjunto de produções com maior potencial de geração de valor de exportação e substituição de importações.

 

- Publicidade -
FonteANGOP
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.