Radio Calema
InicioAngolaPolíticaRecadastramento dos antigos combatentes retoma em 2021

Recadastramento dos antigos combatentes retoma em 2021

O processo de recadastramento e prova de vida dos antigos combatentes nas províncias de Benguela, Huambo, Bié, Cuando Cubango, Huíla, Luanda e Bengo retoma no primeiro trimestre do próximo ano, anunciou o secretário de Estado para os Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Domingos André Tchikanha.

O secretário de Estado explicou que o processo iniciou em Setembro de 2019, para terminar em Agosto deste ano, mas foi suspenso devido à pandemia da Covid-19. Foi possível cadastrar os beneficiados em 11 províncias.

“Estamos a criar todas as condições técnicas e de logística para que, tão logo haja uma melhoria ou abrandamento da situação epidemiológica da Covid-19 no país, possamos arrancar imediatamente com o processo de recadastramento e prova de vida nas sete províncias que faltam”, disse.

Referiu que até agora o processo de recadastramento e prova de vida garantiu uma poupança na ordem de três mil milhões kwanzas que o Executivo gastava, anualmente, para o pagamento de subsídios aos falsos pensionistas.

O director do Gabinete Provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria do Cuando Cubango, Heralde Mateus Camahia, disse que 4.037 antigos combatentes estão, desde o ano passado, fora do sistema de pagamentos de subsídios. A maioria vive em situação de vulnerabilidade e aguarda o processo de recadastramento.

Heralde Mateus Camahia acrescentou que actualmente são controlados 10.618 pensionistas que constam da nova planilha do Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, que recebem 23 mil kwanzas por mês.

FonteJA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.