- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Música Neru Americano e Scró que Cuia arrebatam dois troféus no Angola Music...

Neru Americano e Scró que Cuia arrebatam dois troféus no Angola Music Awards

A dupla Neru Americano e Scró que Cuia, com o tema “O Pintin” arrebataram os troféus de “Música mais popular” e “Melhor afro house”, na gala da sétima edição do Angola Music Awards “AMA”, transmitida sábado, no Canal principal da Televisão Pública de Angola (TPA), devido a pandemia da Covid-19.

O tema “Uxiua” de Patrícia Faria foi o vencedor da categoria de “Melhor música tradicional”, enquanto a canção “Revellion” de Paulo Flores (Melhor Semba), “Incrível” de Edgar Domingos, produzida por Teu no Bit, (Melhor produção musical), Nelasta (Melhor Dj), grupo TRX (Melhor artista mais popular da Internet), “Te amo” dos Calemas (Melhor música Palop), “Eu te Traí” do grupo Sentido Proibido (Melhor Rock), e Preto Show (Melhor artista digital).

A dupla Neru Americano e Scró que Cuia, com o tema “O Pintin” arrebataram os troféus de “Música mais popular” e “Melhor afro house”.
(DR)

O música “Adrenalina do Amor” de Chetekela, umas das referências internacionais da actualidade, venceu a categoria de “Melhor world music”, o grupo Mobbers (Melhor grupo do ano), C4 Pedro (Melhor artista em palco), Jessica Pitbull (Melhor Kuduro), Anna Joice (Melhor artista feminino) e Yola Semedo (Melhor Kizomba).

O evento contou com actuações de alguns ícones da música da angolana, nomeadamente Liriany, Mago de Sousa, Socorro, Uami Dongadas, Halison Paixão, Chetekela e Flor de Raiz.

O Angola Music Awards “AMA” tem como objectivo a valorização dos novos talentos, razão pela qual actuaram na gala os jovens Florêncio Handanga e Seven. Cristiano Chizeca, membro da organização do AMA, disse, ao Jornal de Angola, que os prémios são atribuídos aos artistas mais votados pelos fãs, durante um determinado período de votação.

Cristiano Chizeca garantiu que o público pode esperar mais valorização de talentos da música angolana e maior intercâmbio entre os artistas nacionais, assim como desmonopolizar o critério de participação de artistas nas próximas edições. “Usamos os métodos tradicionais nas redes sociais, mas agora lançamos o sistema de voto no aplicativo Musickool”, disse Cristiano Chizeca.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.