- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal "Estado falhou" na morte de Ihor Homeniuk, garante provedora de Justiça

“Estado falhou” na morte de Ihor Homeniuk, garante provedora de Justiça

Maria Lúcia Amaral revela que falta de condições nas instalações do SEF já tinha sido reportada.

A provedora da Justiça acusa o Estado de ter falhado no caso da morte do cidadão ucraniano que morreu nas instalações do SEF no Aeroporto de Lisboa. Maria Lúcia Amaral revela que já tinha havido avisos de que as condições que se proporcionavam aos cidadãos que chegavam a Portugal não eram aceitáveis.

“Todos os direitos, começando pela interpretação, pelos cuidados materiais básicos às necessidades, pela possibilidade de ter cuidados de saúde, pelo contacto com o exterior, nada disso pode ser garantido, foi aí verdadeiramente que falhámos”, começa por apontar a provedora de Justiça, ouvida na manhã desta terça-feira no Parlamento, na Comissão de Assuntos Constitucionais sobre as condutas levadas a cabo no Centro de Instalação Temporária.

Maria Lúcia Amaral acredita que “a grande falha é não ter havido sensibilidade e disponibilidade para interiorizar a ideia de que aquela sobrelotação de espaços não podia continuar”, até porque “as pessoas não tinham sítio onde dormir, dormiam muitas vezes no chão, não tinham acesso às bagagens, não tinham possibilidade de mudar de roupa”.

Em actualização…

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.