- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Futebol Sagrada Esperança da Lunda-Norte lima arestas para o Orlando Pirates

Sagrada Esperança da Lunda-Norte lima arestas para o Orlando Pirates

A um dia da estreia oficial na Taça da Confederação, a equipa principal de futebol do Sagrada Esperança da Lunda-Norte lima as últimas arestas para a recepção ao Orlando Pirates da África do Sul, no Estádio dos Coqueiros.

O jogo é válido para a primeira “mão” da última eliminatória de acesso à fase de grupos da Confederação Africana de Futebol (CAF), de acesso ao troféu “Nelson Mandela” e que os lundas ambicionam a conquista da vitória. Não será uma tarefa fácil para a equipa orientada por Roque Sapiri que nessa altura não tem ritmo competitivo nas pernas, pois tal como afiançou o próprio técnico, “o ritmo, a velocidade e exigências de amistosos não são iguais aos de um jogo oficial como tal”.

Apesar desse aspecto, Roque Sapiri mostra-se convicto de que os treze jogos amistosos realizados pelo emblema diamantífero deram para tirar o máximo proveito possível para esse duelo com o Orlando Pirates, que leva um ritmo mais acentuado. Mas como a melhor defesa é o ataque, os lundas têm de se mostrar eficazes nas acções ofensivas, sobretudo neste jogo da primeira-mão, em que actuam na condição de anfitriões.

Nesse aspecto, a vitória assume-se como um objectivo supremo. Qualquer outro resultado, no caso empate ou derrota, pode complicar os intentos da turma lunda, que na deslocação ao reduto do adversário, a 5 de Janeiro de 2021, ver-se-á numa situação mais difícil para contrapor a condição de anfitriã da equipa adversária.

Pirates reconhece relvado
Comandada tecnicamente pelo alemão Josep Zinnbauer, a equipa sul-africana do Orlando Pirates reconhece na tarde de hoje o relvado do Estádio dos Coqueiros, palco do jogo com o Sagrada Esperança, amanhã, referente à primeira mão da última eliminatória de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação.

Com o rótulo de “habitué” nas provas sob a égide da Confederação Africana de Futebol (CAF), o adversário dos diamantíferos quer contrariar a condição da equipa anfitriã. O técnico Joseph Zinnbauer assume dispor de informações sobre a equipa angolana e já definiu o que fazer no jogo. “Não vai ser fácil para nós; os jogos fora de casa são sempre difíceis no continente. O adversário parece estar motivado, observei-o com os outros treinadores, quando o analisámos”, disse o técnico alemão dos “Buccaneers”, designação por que é conhecida também a equipa sul-africana.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.