- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Política Presidente da República pede contenção às forças da ordem nas manifestações

Presidente da República pede contenção às forças da ordem nas manifestações

O Presidente da República, João Lourenço advertiu nesta quinta-feira, em Luanda, as forças de segurança nacional, “alguma contenção” durante a sua actuação e, que não podem ser admitidos “excessos gratuitos”, durante as manifestações que se realizam no país.

João Lourenço, que discursava no arranque de um encontro com as lideranças das forças de defesa e segurança nacionais, as mesmas devem exercer a “autoridade do Estado com firmeza” sempre que a situação o exigir, mas advertiu, que na actuação policial deve ser garantida “alguma contenção”.

No encontro, foram traçadas as orientações para o futuro, deixando como recado a ideia de que compete ao Estado, através das sua forças da ordem “garantir a segurança e tranquilidade dos cidadãos” que não aderem às manifestações bem como aos bens públicos e aos próprios manifestantes.

“As Forças da Ordem devem exercer a autoridade do Estado com firmeza sempre que a situação aconselhar, mas também com alguma contenção, procurando sempre encontrar o ponto de equilíbrio entre a necessidade de estabelecer a ordem e o direito de manifestação dos cidadãos”, disse.

“Não são de se aceitar excessos gratuitos das Forças da Ordem, assim como também não são de se aceitar excessos gratuitos da parte dos manifestantes. O fim último de uma manifestação é o de se chamar a atenção das autoridades para situações que os cidadãos considerem que podem ser melhoradas, corrigidas, em benefício das comunidades”, disse.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.