- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Corredor Leste aprova 63 projectos

Corredor Leste aprova 63 projectos

As províncias da Lunda-Norte (10), Lunda-Sul (16), Moxico (20) e Cuando Cubango (17) totalizam, até ao momento, 63 projectos aprovados no corredor Leste, no âmbito do programa de financiamento à produção nacional sob responsabilidade do Ministério da Economia e Planeamento (MEP).

No prospecto que publicou no Jornal de Angola de sexta-feira, o Ministério confirma a aprovação de 557 projectos e outros 170 em processo avançado de negociação. Além destes dados, o documento avança um número de 1.062 candidaturas registadas ao longo deste ano.

Contudo, a província de Luanda tem mais projectos aprovados (137), seguida por Benguela (42) e a Huíla (40), como as três principais. As 18 províncias já têm projectos aprovados e demonstram a abrangência nacional deste programa do Governo.

Em termos descritivos, o controlo assegura projectos aprovados e desembolsados no Bié (38), Cuanza-Sul (37), Huambo (32), Uíge (32), Cabinda (26), Cunene (25), Zaire (22), Bengo (22), Malanje (19), Cuanza-Norte (12) e Namibe (10).

Em termos de segmento produtivo, a Agricultura com 243 projectos lidera a pro-cura. Seguem Comércio e Distribuição (168), Indústria Transformadora (58), Indústria Alimentar e Bebidas (35), Pecuária (22), Aquicultura (13), Pesca Marítima (13) e Pesca Continental (5).

Portal de divulgação

Na última terça-feira, durante o habitual briefing, o secretário de Estado para o Planeamento, Milton Reis, fez saber que o Portal da Divulgação da Produção Nacional (PPN), controlava, até àquela altura, cerca de 5.362 produtores.

Os mesmos estão distribuídos por província, tendo a Huíla na liderança com 1.303 produtores inscritos. Seguem o Cunene (659), Bié (530), Luanda (518), Lunda-Sul (409), Cuanza-Norte (276), Benguela (236), Bengo (186), Malanje (185), Uíge (162), Huambo (158), Zaire (153), Cuanza-Sul (142), Namibe (137), Lunda-Norte (126), Moxico (62), Cuando Cubango (61) e Cabinda (59).

Ainda no âmbito do registo dos produtores no “PPN”, o MEP destacou a sessão de treinamento que o Gabinete Provincial de Desenvolvimento Económico Integrado (GPDEI ) de Cabinda realizou com os gabinetes dos quatro municípios.

No domínio do apoio ao escoamento da produção nacional, o Gabinete de Desenvolvimento Económico Integrado da província da Lunda-Sul testemunhou o acto de assinatura de 27 contratos entre produtores locais e seis dos nove Operadores do Comércio e Distribuição, que beneficiaram do financiamento do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), para a compra da respectiva produção.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.