- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Direcção de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia comemora 28 anos de...

Direcção de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia comemora 28 anos de existência

A Direcção de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia Nacional de Angola comemora, hoje, dia 10, 28 anos de existência. A celebração da efeméride, em tempos da pandemia COVID-19, ficará marcada com a realização, na tarde de hoje, de uma actividade de reflexão sobre a organização e o funcionamento do órgão, rumo aos novos desafios, no âmbito da comunicação e promoção da boa imagem da corporação, sem perder de vista ao cumprimento das medidas de prevenção à COVID-19.

De acordo com informação disponibilizada pela Polícia Nacional, na sua página oficial, durante a actividade haverá momentos culturais, com declamação de poesia, teatro e a projecção em power point do historial do órgão. O certame terá como convidado especial o director de Educação Patriótica da PNA, Comissário, António Vicente Gimbe.

O Centro de Produção Audiovisual (CEPAV), recentemente criado é a mais nova conquista da Direcção, que se tem destacado na criação, produção e pós-produção de conteúdos, audiovisuais, de forma independente, facto que se tem configurado como base no desenvolvimento da imagem da Instituição.
(Polícia Nacional)

A Direcção nasceu como Departamento de Comunicação Institucional e Imprensa do Gabinete de Estudos, Informação e Análise (GEIA), tendo em 2013 evoluído para Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa, sob aprovação do então Comandante-Geral, Ambrósio de Lemos Freire dos Santos.

Em 2019, com a aprovação do novo Estatuto orgânico da corporação, o órgão foi elevado a Direcção de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia Nacional de Angola.

O Centro de Produção Audiovisual (CEPAV), recentemente criado é a mais nova conquista da Direcção, que se tem destacado na criação, produção e pós-produção de conteúdos, audiovisuais, de forma independente, facto que se tem configurado como base no desenvolvimento da imagem da Instituição, sobretudo no estabelecimento de uma relação efectiva com os destinatários dos serviços, particularmente, nesta época de prevenção e combate à COVID-19.

No comando da Direccão já passaram várias entidades da corporação, com destaque para o técnico civil Pedro Tito, que dirigiu o órgão de 1992 a 1995, seguido do comissário-chefe, Francisco C. Pestana, que dirigiu a instituição de 1996 a 2003.

Passagem de testemunho entre o Comissário Orlando Bernardo, que deixou o cargo em 2019 e a sua sucessora, a subcomissário Engrácia Costa.
(Polícia Nacional)

De 2003 a 2010, o órgão foi conduzido pelo comissário Carmo Neto, que, em 2013, foi substituído pelo Comissário Aristófanes dos Santos, que teve a proeza de guiar o gabinete durante dois anos, tendo sido posteriormente substituído, em 2015 pelo Comissário Orlando Bernardo, que deixou o cargo em 2019.

A Subcomissário, Engrácia Costa é desde então a nova responsável nacional da Direcção que tem como adjunto o Superintendente-chefe Mateus Rodrigues, que ocupava o cargo de director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação do Ministério do Interior em Luanda.

- Publicidade -
FontePNA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.