- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa "Maníaco de Volga" foi detido, é suspeito da morte de 26 idosas

“Maníaco de Volga” foi detido, é suspeito da morte de 26 idosas

A polícia russa procurou durante vários anos o suspeito da morte de 26 idosas, entre 2011 e 2012, e no ano passado ofereceu uma recompensa por informações. Um homem foi agora detido.

O detido, identificado como Radik Tagirov, de 38 anos, é serralheiro de profissão e tem uma condenação anterior por roubo, indicou a polícia.

O homem é suspeito de ser o denominado “maníaco de Volga” que está associado a vários crimes e homicídios na região central da Rússia, junto ao rio Volga.

Na terça-feira, a polícia revelou que o suspeito estava a ser interrogado.

O comité de investigação russo (com atuação semelhante ao FBI) explica que Radik Tagirov foi detido na sequência de pesquisas forenses e análises biológicas que indiciam que os crimes contra as 26 mulheres foram cometidos por um só homem.

Acrescenta ainda que o “padrão” de várias ações do atacante coincidem com o comportamento do suspeito, levando o comité a decidir detê-lo após um “trabalho meticuloso e sistemático”.

Radik Tagirov, que segundo os investigadores vive na cidade de Kazan, terá entrado na casa das vítimas fazendo-se passar por um trabalhador de serviço público. Depois, usou objetos como cordões de roupão e cabos de eletricidade para estrangulá-las.

No ano passado, após vários anos de investigação, a polícia ofereceu uma recompensa de três milhões de rublos (33 mil euros) por informações que levassem à detenção do “maníaco de Volga”.

- Publicidade -
FonteJN
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.