- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Ministério Público analisa mistério sobre donativos chineses para Pedrógão

Ministério Público analisa mistério sobre donativos chineses para Pedrógão

O Ministério Público de Figueiró dos Vinhos ponderá abrir uma investigação sobre o destino de donativos que a comunidade chinesa em Portugal entregou ao presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, e à mulher deste, Isabel Alves, para ajudar as vítimas do incêndio de Junho de 2017.

Segundo informação recolhida pelo JN, a iniciativa do Ministério Público (MP) tem a ver com duas fotografias que registaram uma entrega de dinheiro e foram apresentadas como prova por Carlos David Henriques, ex-presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande, para se defender de uma acusação por difamação agravada, de que foi absolvido há uma semana.

Carlos Henriques soube que Isabel Alves tinha participado numa cerimónia de entrega de donativos pela comunidade chinesa, no Município de Pedrógão, e disse-o na TVI em 2019. Esta declaração levou Isabel Alves a processá-lo por difamação, mas o Tribunal de Figueiró dos Vinhos considerou agora que o arguido se limitara a contestar que a mulher de Valdemar Alves tivesse participado naquela cerimónia – uma vez que não tinha ligação formal à autarquia -, sem a acusar de desviar os donativos.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.