- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Artes Exposição de Natal “Reunir” junta obras de vários artistas

Exposição de Natal “Reunir” junta obras de vários artistas

A 1ª edição da Exposição Colectiva de Natal de Artistas Plásticos, denominado “Reunir”, está patente desde quinta-feira até 25 de Janeiro de 2021, no Espaço d’Arte localizado no Edifício Sky One no Kinaxixi, inspirado no espírito de Natal.

A mostra apresenta mais de 120 obras produzidas por uma mescla de 60 artistas conceituados e jovens talentosos emergentes, com poéticas, temáticas e técnicas diferentes, explorando meios como a pintura, escultura, instalação, desenho, fotografia, tecelagem, enviorement, acções ou performance, recursos das novas mídias, intervenções no espaço; também aproveitando as possibilidades que oferecem a reciclagem e objet trouvé.

Segundo o curador da exposição, Don Sebas Cassule, os artistas convidados a participar nesta Exposição Colectiva de Natal representam um aspecto fulcral para o desenvolvimento e consolidação das relações humanas no nosso país, com enfoque na partilha de afectos e aproximação familiar neste período de Natal.

“Pretende-se deste modo proporcionar um encontro de gerações, apresentando no mesmo espaço a serenidade do conhecimento e da experiência vivida dos artistas mais conceituados, com reconhecimento nacional e internacional e a exuberância jovem da expressão ousada dos criadores emergentes, que exploram novos modos e caminhos na arte”, disse.

O também artista plástico adiantou que em essência, todos os artistas presentes vêm participar de uma grande festa, cada um com a sua estética fazendo parte de uma celebração importante, na qual estamos todos juntos.

“Expressamos o nosso reconhecimento e os nossos especiais agradecimentos aos artistas plásticos pela sua particular dedicação e pronta resposta ao convite, bem como aos colaboradores que participaram na organização”.

Para o curador, o conceito da mostra é sustentado na necessidade de os artistas com a sua dedicação no trabalho socialmente útil, saírem da paralisia imposta pela condição de saúde que colocou o mundo de sentido com o surgimento da Covid-19, apresentando mais do que uma resposta, uma solução no contexto da arte e cultura e no seu diálogo com a economia e o turismo, num período fértil de partilha de afectos e trocas de presentes. Um pretexto para alterar a situação e celebrar a vida augurando tempos melhores.

A exposição estará alojada durante dois meses, num espaço de arte contemporânea, colocado gentil e generosamente à disposição dos artistas. Este espaço pretende ser uma alternativa no processo de criação, produção e distribuição da arte, oferecendo uma galeria convencional para comercialização de obras de arte, no Edifício Sky One, que pode se transformar numa loja de venda de material especializado de arte, galerias, atelieres para produções pontuais e para residências artísticas.

O espaço também está aberto a dialogar de forma dinâmica com outras disciplinas artísticas e culturais como a literatura, música, dança, cinema e teatro, pretendendo paulatinamente, aprimorar as condições exibitivas dos objectos de arte, bem como contribuir para a criação de mecanismos de desenvolvimento de carreiras artísticas.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.