- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo EUA Obama, Bush e Clinton voluntariam-se para promover vacinação contra a Covid-19

Obama, Bush e Clinton voluntariam-se para promover vacinação contra a Covid-19

Os antigos presidentes dizem estar dispostos a filmar o momento da vacinação

Os antigos Presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton ofereceram-se para promover a campanha de vacinação contra a Covid-19 no país, assim que uma vacina for aprovada pela agência reguladora, a Food and Drugs Administration (FDA, nas siglas em inglês).

“Eu vou apanhar e talvez o faça na TV ou filme a injecção para mostrar às pessoas que eu confio na ciência”, disse Obama em entrevista à rádio SiriusXM, nesta quinta-feira, 3, na qual sublinhou “a única coisa na qual eu não confio é em apanhar a Covid”.

A preocupação em aumentar a confiança da população na vacinação surge após uma pesquisa da Gallup ter revelado que 40% dos adultos não têm a certeza de que irão tomar a vacina.

Por seu lado, um assessor do ex-Presidente George W. Bush disse à emissora NBC que ele tem a intenção de participar numa possível campanha e que ofereceu para que a sua própria vacinação seja filmada.

“Primeiro as vacinas serão aplicadas nas populações de risco”, disse Freddy Ford à NBC News, acrescentando que “o Presidente Bush vai entrar na fila para receber a sua dose e o fará, com orgulho, em frente a uma câmara”.

Também o antigo Presidente Bill Clinton está disposto a tomar a vacina em público para promover a imunização no país.

“O Presidente Clinton vai, com toda a certeza, tomar a vacina assim que esteja disponível para ele, com base nas prioridades determinadas pelas autoridades de saúde”, afirmou a assessora Angel Urena à CNN, garantindo que “será de forma pública para que incentive os americanos a fazer o mesmo”.

Dados apontam que as vacinas contra a Covid-19 podem começar a ser aplicadas depois do dia 12 nos Estados Unidos.

As empresas Pfizer/BioNTech e Moderna, cujas vacinas revelaram uma taxa de sucesso de 95 e 94 por cento respectivamente, aguardam a autorização da FDA.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.