- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Futebol Vitória abre excelentes perspectivas para o Petro

Vitória abre excelentes perspectivas para o Petro

A vitória sobre o Akonangui FC, da Guiné Equatorial, por 1-0, domingo último, no jogo da primeira-mão da preliminar de acesso à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões Africanos de futebol, abre excelentes perspectivas para o vice-campeão nacional marcar presença na próxima fase da competição.

Segundo o treinador-adjunto dos tricolores, Flávio Amado, após a final do jogo disputado no novo Estádio de Ebibeyin, na Guiné Equatorial, se os jogadores do Petro de Luanda jogarem como sempre o fizeram, com a bola no chão, e não optarem pelo jogo aéreo, que só facilitaria o adversário, devido ao porte físico, vão vencer igualmente o duelo da segunda-mão.

“Antes do primeiro jogo não tínhamos muito conhecimento sobre a equipa adversária. O nosso scauting conseguiu alguns vídeos que nos deu uma imagem real do adversário. Os vídeos e o desafio da primeira-mão, permitiu-nos tirar muitas ilações para trabalharmos o jogo da segunda-mão em que vamos tentar alcançar mais uma vitória”, disse.

O poderio atlético do campeão da Guiné Equatorial foi igualmente realçado pelo adjunto de Toni Cosano. Segundo Flávio Amado, o Akonangui FC é uma equipa “muito forte do ponto de vista físico” e tecnicamente boa, por isso os tricolores vão trabalhar ao máximo para não serem surpreendidos no desafio de resposta, no próximo sábado, às 17h00, no Estádio Nacional 11 de Novembro.

“O Akonangui é uma equipa muito forte, usa muito o porte físico e tecnicamente os seus jogadores são muitos bons. Porém, os nossos miúdos podem ultrapassá-los, é só não jogarmos como eles, devemos jogar como sempre o fizemos, com a bola no chão, e sempre que tivermos oportunidade para marcar não desperdiçar”, referiu.

Questionado sobre o jogo de domingo, no terreno adversário, em que o Petro venceu por 1-0, golo de Tiago Azulão, Flávio Amado disse que a missão foi “muito difícil” mas o bom comportamento dos jogadores ditou a vitória sobre os equato-guineenses.

“O nosso futebol é bola no chão. Tentámos controlar mas foi muito mais difícil. Felizmente, os nossos jogadores se comportaram bem e conseguimos sair da Guiné Equatorial com uma vitória”, realçou.

O Petro de Luanda, caso elimine o Akonangui FC, vai defrontar na próxima eliminatória o vencedor do duelo entre o Nkana FC da Zâmbia e o Bantu do Lesotho. Os zambianos levam vantagem de uma bola a zero, conseguida no jogo da primeira-mão, no terreno do adversário.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.